Comportamento

Bombeiras são expulsas de cerimônia oficial por usarem “saias curtas”

3 capa Bombeiras sao expulsas de cerimonia por usarem saias curtas

Coronel pediu que as bombeiras saíssem pela porta lateral, abandonando a formatura, porque suas roupas seriam “curtas demais” para a ocasião.



No Distrito Federal, a Corregedoria do Corpo de Bombeiros está investigando os motivos de duas sargentos da corporação terem sido expulsas de uma cerimônia oficial.

A denúncia indica que um coronel se incomodou com o tamanho das saias das bombeiras, e pediu a ambas para abandonarem o evento, sem sequer permitir que elas cantassem o Hino Nacional.

Segundo reportagem do G1, o caso aconteceu no dia 8 de abril, na formatura do curso de Altos Estudos para Praças, no Setor Policial Sul. Naquele momento, um coronel bombeiro informou que as sargentos estavam usando saias “muito curtas”, e solicitou a um capitão que pedisse às militares para deixarem o espaço.


O nome das duas militares não foi informado pela corporação, mas relata-se que, assim que elas souberam o que estava acontecendo, ficaram completamente constrangidas, mas precisaram acatar a solicitação e abandonaram o evento.

Na cerimônia havia mais de 200 militares, entre eles autoridades da própria corporação.

O comando-geral do Corpo de Bombeiros informou que vai abrir um procedimento de apuração para compreender o que aconteceu na ocasião, esclarecendo e elucidando as denúncias para que a instituição possa tomar “medidas cabíveis” e pertinentes ao caso.

O departamento precisa apurar se, de fato, as saias das sargentos estavam mais curtas que o padrão, se existiu algum problema na confecção do uniforme ou se o coronel agiu de má-fé, pedindo a remoção das bombeiras sem motivo.


3 2 Bombeiras sao expulsas de cerimonia por usarem saias curtas

Direitos autorais: reprodução CBMDF/divulgação.

O coronel Eugênio César Nogueira, presidente da Associação dos Oficiais do Corpo de Bombeiros Militar (ASSOFBM), explicou que esse curso é feito por homens e mulheres que já são antigos no posto, ou seja, são militares ativos.

Esse tipo de traje é exigido nas formaturas e, no caso das mulheres, são usadas saias. Ele explica que o regulamento não prevê qual o tamanho da saia, apenas que deve ser longa ou média.

Esclarecendo um pouco mais sobre o assunto, o coronel explica que quem confecciona os uniformes dos militares precisa de uma autorização, e que esse trabalho é feito de maneira rigorosa.


Em nota, o Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal afirmou que não compactua com nenhum tipo de assédio, seja ele moral ou de qualquer outra natureza.

As militares foram abordadas no momento do Hino Nacional, ambas pediram para ao menos terminar de cantar o Hino, mas o pedido foi negado e elas foram ameaçadas de sofrer sanções disciplinares, caso a ordem não fosse acatada.

Comente abaixo o que acha do caso e compartilhe-o nas suas redes sociais!


Os médicos disseram que ele jamais andaria ou falaria. Agora, ele comemora aprovação na faculdade!

Artigo Anterior

Há mais de 10 anos, esse cãozinho mora no cemitério, onde a dona foi sepultada. Ele se recusa a ficar longe!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.