Pessoas inspiradoras

Bombeiro leiloa braçadeira de Cristiano Ronaldo em partida e doa R$ 430 mil para bebê doente

Na partida entre Portugal e Sérvia, o jogador teve um ataque de raiva e jogou a braçadeira de capitão no chão, que caiu ao lado do bombeiro.



Em alguns momentos, pode parecer que a raiva toma conta de nós, deixando-nos sufocados, sem conseguir enxergar o que de bom acontece ao nosso redor. Nem tudo de ruim vem para nos fazer mal, inúmeras vezes é preciso apenas dar um passo atrás para analisar tudo sob outra perspectiva.

E ver sob outra óptica foi a maneira que o bombeiro Djordje Vukicevic encontrou para ajudar alguém que muito precisava.

Numa partida entre Portugal e Sérvia, um lance fez com que Cristiano Ronaldo, capitão do time português, se desestabilizasse. Ele teve um gol anulado pelo árbitro, numa atitude avaliada por especialistas e comentaristas esportivos como “errada”.


Então, num ataque de fúria e raiva, Cristiano Ronaldo jogou sua braçadeira de capitão no chão, caindo perto do bombeiro Djordje, que acompanhava a partida dentro do campo.

O lance considerado duvidoso foi quando o zagueiro Mitrovic deu um carrinho para interceptar a bola, todos os jogadores portugueses afirmaram que ela havia entrado, mas o juiz não considerou essa versão. Sem video assistant referee (VAR), não houve acordo na conversa com o árbitro assistente de vídeo.

Os comentaristas confirmaram em replay que a bola realmente havia cruzado a linha do gol. Assim que viu a braçadeira, o bombeiro Djordje pensou em vendê-la e usar o dinheiro para ajudar no tratamento do bebê Gavrilo Djurdjevic, que sofre de atrofia muscular espinhal (AME), uma doença genética rara, progressiva e que até pode ser letal, afetando um a cada 10 mil recém-nascidos.


Toda a equipe em campo concordou que essa era a melhor atitude a ser tomada e apoiou o bombeiro. No leilão, a braçadeira foi adquirida por R$ 430 mil e o dinheiro todo depositado para a família, que vai investi-lo no tratamento médico da criança.

Torcemos para que o pequeno Gavrilo seja curado ou ao menos tenha os impactos da doença sejam reduzidos. Quando a AME se manifesta em bebês muito pequenos, pode ser considerada precoce, levando à paralisia muscular e impedindo-lhes funções básicas, como andar, mastigar, engolir ou mesmo manter a cabeça ereta.

O bombeiro mostrou a todos o tamanho do seu coração, que em momento algum pensou em pegar a braçadeira para si nem mesmo para guardar como recordação ou vender para conseguir o dinheiro. Nesses momentos, percebemos que o que começou como um momento ruim, de raiva, acabou se transformando em um lindo ato de generosidade.


Policial atende a chamado, conhece 6 crianças órfãs e decide adotá-las: “Vínculo era muito forte”

Artigo Anterior

Mãe de 8 filhos, que vivia em casa sem banheiro e dormia no chão, recebe ajuda e tem casa reformada!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.