Bono Vox: “O único problema que Deus não pode resolver é aquele que você tenta esconder”

Bono Vox, vocalista da banda de rock U2 tem uma relação muito especial com Deus, como deixou claro em entrevistas para a série de vídeos “Bono & David Taylor: Beyond the Psalms”, produzida por um uma instituição evangélica sediada na Califórnia, chamada Fuller Theological Seminary.



Em uma viagem que fez à Terra Santa, Bono diz que ao visitar a Gólgota, colina na qual Jesus foi crucificado, estava no lugar em que “a morte morreu’”, e declarou que não sente mais medo da morte, e que a fé cristã foi fundamental nesse processo:

“A morte não tem mais poder sobre mim, como tinha aos meus 14 anos, quando a minha mãe morreu. Uma parte da nossa psicologia se assenta no medo da morte. A Escritura diz que agora vemos como num espelho, mas depois veremos cara a cara. Se você sabe disso, então a vida fica mais fácil. Mal posso esperar para ver tudo claro!”.

Ele reconhece que seguir o caminho ensinado pelas escrituras nem sempre é fácil, e que a honestidade em particular é um desafio, não porque somos pessoas ruins, mas porque podemos perceber em nós mesmos, e nas pessoas ao nosso redor muitas características que precisam ser mudadas, mas que estão tão enraizadas em nós que custa muito nos libertarmos.


“O mais difícil que os salmos nos pedem é a honestidade. Eu leio a Sagrada Escritura e encontro adúlteros, assassinos, egomaníacos… como muitos dos meus amigos (risos)! O que Davi faz contra o marido de Betsabé é incrível! Há tanta escuridão ali! Mas a graça e a redenção se refletem depois nos seus Salmos. Eles são marcados pela honestidade.

Não precisamos comprazer a Deus de outra maneira que não seja essa: sendo brutalmente honestos. Esta é a raiz da nossa relação com Deus. O único problema que Deus não pode resolver é o problema que você tenta esconder”.

Bono fortalece sua fé lendo a palavra e indica o livro de Salmos, em especial o Salmo 82, para aqueles que precisam de um lembrete de que Deus sempre nos escuta:

“É um bom começo. Ele diz: ‘Defendei o fraco e o órfão. Fazei justiça ao humilde e ao indigente. Libertai o fraco e o pobre’. Isto não é caridade: isto é justiça.


É incrível que, quando Jesus começa a sua missão, quando abre o tempo da graça do Senhor, quando diz que veio para dar a vista aos cegos etc., isso na verdade é justiça. Não é caridade. Eu gosto de recordar aqui o Salmo 9: ‘O Senhor é o refúgio do oprimido, o seu refúgio em tempos de perigo’; e o Salmo 12: ‘Eu me levantarei pela opressão do necessitado, pelo gemido do pobre’. Este é Cristo. Esta é a razão de Cristo. É o seu manifesto. E deve ser também o nosso manifesto”.

Bono se mostra bastante fiel e inspirado pela palavra de Deus, tanto em seu relacionamento consigo mesmo, quanto em relação àqueles que estão ao seu redor. E através dessa entrevista nos deixa a importante reflexão de que devemos nos mostrar para Deus assim como somos, com nossos problemas e limitações, e ter a humildade de permitir que ele nos ajude.

Deus pode nos ajuda a resolver dificuldade, menos aquelas que escondemos dele.

É claro que Deus sabe de todos os nossos desafios, mas precisa de nossa autorização para entrar em nossas vidas e transformá-las.


Se você deseja mais da presença de Deus em sua vida, tenha a certeza de ser transparente com ele, e demonstrar tudo aquilo que precisa ser mudado. Assim, a mudança que mais precisa chegará em sua vida muito melhor do que esperou!

 

É impossível uma relação gratificante se você é cheio de contatinhos

Artigo Anterior

Aproveitar a vida é exatamente isso: viver do jeito que for melhor para mim

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.