Notícias

Bruaca solta a voz para fazer homenagem à própria Isabel Teixeira em Pantanal

Foto: Reprodução
Bruaca solta a voz para fazer homenagem a propria Isabel Teixeira em Pantanal

O remake de Pantanal voltou a fazer mais uma de suas homenagens ao colocar Maria Bruaca para cantar Romaria no capítulo desta terça (2). A canção foi escrita por Renato Teixeira, que é pai de dois atores do elenco da novela das nove da Globo – a própria Isabel Teixeira, que soltou a voz; e Chico Teixeira, que deu vida ao peão Quim na primeira fase.

Expulsa por Tenório (Murilo Benício), a dona de casa vagou sem destino pelas planícies alagadas até ser acolhida por Eugênio (Almir Sater). Ela então desfilou todo o seu repertório de modas de viola ao lado do chalaneiro – como Meu Primeiro Amor, que ficou conhecida na voz de Cascatinha e Inhana em 1955.

A cantoria rendeu um novo apelido para a personagem de Isabel Teixeira, que fez jus à afinação da família. “Até que Maria Chalaneira é melhor do que Bruaca”, brincou ela, ao dar uma folga para o violão e para o pai de Gabriel Sater.

A homenagem não passou despercebida nas redes sociais. “Isabel Teixeira cantarolando Romaria, de Renato Teixeira, seu pai. Sutil e emocionante”, escreveu um perfil identificado apenas como Invisível Free no Twitter.

“A Bel simplesmente cantando Romaria, entregando um pratinho de comida para o seu Eugênio e ainda varrendo a Chalana? Lendária! Faz tudo”, brincou Fabi. “Maria Bruaca cantando Romaria já foi melhor que a atuação de 93% do elenco de Pantanal do elenco”, disse André Badolado.

Teixeira não vê cenas quentes da filha

Renato Teixeira prefere não ver as cenas quentes de Maria Bruaca. Apesar de ser fã declarado da novela das nove da Globo, o cantor tem um motivo para a decisão: ele é pai da atriz que dá vida à fogosa dona de casa. “Eu não assisto… Aquela menininha que eu peguei no colo”, justificou o artista durante participação no É de Casa.

O compositor de Tocando em Frente, música feita em parceria com Almir Sater, falou orgulhoso sobre a trajetória da herdeira desde a formação na Escola de Arte Dramática da USP (Universidade de São Paulo), passando pelos palcos de teatro até chegar no grande momento dela nas novelas.

“Eu fico aqui só de plateia. Quando ela vai atuar, eu curto muito. Percebo, sim, nela um talento muito grande e uma vocação para representar”, disse Teixeira.

Confira a repercussão do capítulo de terça (02/08):

Screenshot 54

Direitos Autorais: Reprodução/Twitter

Screenshot 55

Direitos Autorais: Reprodução/Twitter

Screenshot 56

Direitos Autorais: Reprodução/Twitter

Screenshot 57

Direitos Autorais: Reprodução/Twitter

Screenshot 58

Direitos Autorais: Reprodução/Twitter