Comportamento

Bruna Surfistinha revelou que não esconderá o passado das filhas: “Precisam aprender a respeitar”

capabruna Surfistinha revelou que nao escondera o passado das filhas precisam aprender a respeitar

A empresária explicou que será bastante aberta com as filhas sobre os acontecimentos do seu passado.



Raquel Pacheco, mais conhecida como Bruna Surfistinha, é famosa em todo o país pelo seu passado como garota de programa. A história de vida da empresária chegou a ganhar um filme em 2011, protagonizado por Deborah Secco.

Depois de a história vir a público, Raquel já precisou enfrentar diversos episódios de preconceito, e não foi diferente quando anunciou que estava grávida de gêmeas este ano.

A empresária, que está noiva do ator e artista plástico Xico Santos, pai das meninas, resolveu compartilhar sobre a gravidez nas redes sociais, e apesar de ter recebido comentários de apoio, também foi alvo de muito preconceito e críticas de pessoas que não acreditam em suas qualidades como mãe por causa do seu passado.


Uma pessoa perguntou a Raquel se ela vai ensinar suas filhas a serem prostitutas, outra disparou que ela “não merece ser mãe”, e houve até quem dissesse “chega de vadias nesse país”. Sem papas na língua, ela confrontou os críticos, dizendo que tem o direito de ser mãe, mas confessou sentir medo do machismo da sociedade e do que as filhas podem ouvir sobre ela.

Em entrevista ao Notícias da TV, Raquel também resolveu falar sobre a forma como pretende educar as gêmeas Elis e Maria, nascidas no começo de setembro, sobre o seu passado. Ela explicou que não esperará que as meninas se tornem adolescentes para falar sobre a sua experiência com a prostituição, e que abordará a questão quando as gêmeas tiverem cerca de 5 anos, de maneira bastante transparente.

A empresária explicou que falará algo do tipo para as filhas: “Mamãe se prostituiu dos 17 aos 20 anos, mas escolheu parar no auge, pois se fosse bom não teria parado, poderia ter aproveitado muito mais”. Acrescentou que lhes dará a certeza de que não passarão pelo mesmo, pois crescerão com amor e atenção.

Raquel e Xico ainda não são casados, e pretendem realizar a cerimônia de união quando as filhas já estiverem caminhando, pois o sonho dela é que as meninas entrem na igreja carregando as alianças.


Sobre o fato de muitas pessoas ainda a chamarem de “Bruna”, Raquel disse que não se importa nem corrige, desde que não seja em tom malicioso. Entretanto, quando o nome do passado é dito de forma pejorativa, especialmente por homens, ela revelou que se sente muito incomodada.

“Acham que somos pais da nossa neta.” “Avós mais jovens do Reino Unido” surpreendem pela idade

Artigo Anterior

Jamie Lee Curtis se posiciona contra as cirurgias plásticas: “Você não consegue ter seu rosto de volta”

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.