Busque a sabedoria dos mais velhos e experientes. Nem tudo se aprende na escola!

Busque a sabedoria do Idoso. Cada dia mais a humanidade caminha para ser uma humanidade de pessoas idosas. Num futuro não muito distante, o Brasil terá a sexta maior população de pessoas acima dos 60 anos e como estamos nos preparando para viver essa realidade?

Realidade que não é somente dos mais velhos e sim, de todos nós: todos nós envelheceremos um dia. Como estamos ensinando nossas crianças, nossos jovens no sentido de valores e respeito para com os nossos idosos? Qual o legado que estamos deixando para os nossos filhos e netos, se bem sabemos que se não começarmos esse cuidado hoje, seremos os próximos as sermos desvalorizados, descartados e esquecidos, porque um dia estaremos todos na mesma condição?

Dentre as inúmeras formas de cuidado que o idoso necessita, ele precisa, antes de tudo, ser ouvido.

Não pode haver no mundo uma boa educação sem conhecimento e o idoso tem esse conhecimento, porque já viveu muito e o tempo nos torna cada vez mais sábios.

Lembro-me do meu pai que não sabia ler, mas era dono de uma sabedoria extrema além, de ter sido um homem muito inteligente.  Parte da minha infância, eu escutei o nome “Camomjo” sem saber do que se tratava. Mas ele falava de “Camoonjo” e me recitava poesias que até me emocionam. Lá pelos 13 anos, lendo uns livros sobre literatura, eu vim a descobrir que o tal “Camonjo” era na verdade, Luís de Camões o escritor! Aquela descoberta me encheu os olhos de lágrimas, pois na sua ignorância, meu pai tentou me passar sabedoria! Um homem bom, sábio, inteligente, esforçado e sem dúvida, o melhor pai do mundo!

Hoje eu vejo o quanto é importante prestarmos atenção no que os mais velhos têm a nos ensinar, seja essa pessoa um pai, um avô, um parente ou mesmo um vizinho.

Busque a sabedoria dos mais velhos e experientes: nem tudo se aprende na escola!


Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: vadimgozhda / 123RF Imagens



Deixe seu comentário