ColunistasFelicidade

Busque ser feliz ao invés de buscar ser perfeito!

Não há forma mais bonita de ser feliz  do que fazendo o outro feliz. Felicidade e egoísmo não caminham juntos.



Essa é a máxima que tem sido utilizada ultimamente como um mantra por algumas pessoas, como estilo e filosófica de vida, como se esse mantra fosse a solução para todos os problemas da vida de um ser humano. A desculpa perfeita para ser egoísta sem sentir um mínimo de culpa.

O que ninguém refletiu ainda, é sobre as concessões que acompanham esse tal mantra.

Acontece que a pessoa que segue esse lema, que evita alcançar a tão temida perfeição, não faz questão de melhorar como ser humano, o que muitas vezes irá refletir em outras pessoas.


Quem não faz questão de aprimorar qualidades, reduzir e minimizar defeitos, extinguir velhos modos, que só fazem mal a si e a quem o cerca, age como um narcisista; um egoísta que não está nem aí se os seus atos atingem ou afetam negativamente outras pessoas. Pois em seu íntimo ele “só quer ser feliz, e não perfeito”. E se ele se sente feliz da forma que age, é o que importa!

Busque ser feliz sendo a melhor pessoa para você e para aqueles que os ama, mas não precisa ter por objetivo alcançar a perfeição.

O “tente ser feliz” dá espaço para a distribuição de sofrimento a quem cerca essa pessoa. Dá espaço para mais egoísmo do que felicidade.

Então, considerando que você não seja uma pessoa que quer ser conscientemente e declaradamente egoísta, tente ser feliz sendo a melhor pessoa para você e para aqueles que os ama, mas não precisa ter por objetivo alcançar a perfeição.


Até porque, não há forma mais bonita de ser feliz do que fazendo o outro feliz. Felicidade e egoísmo não caminham juntos.

_____________

Direitos autorais da imagem: dedivan1923 / 123RF Imagens


As pessoas não são o problema. Na verdade, elas são o caminho para a solução.

Artigo Anterior

“o amor – e não o tempo – é que cura todas as feridas.”

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.