Cabeleireiro atendeu criança autista e deitou no chão para cortar seu cabelo



Jacob, um cabeleireiro canadense que está se tornando muito reconhecido por sua dedicação ao atender um cliente muito especial, Wyatt Lafrenière, de 7 anos.

Ir ao cabeleireiro faz parte da nossa rotina, e não envolve nenhum grande esforço. Apenas nos sentamos, esperamos enquanto eles fazem o seu trabalho, pagamos e seguimos em frente. No entanto, o que para a maioria é algo rotineiro, para outras pessoas pode ser um grande desafio.

Existem algumas condições que deixam as pessoas muito inquietas, e se torna muito difícil realizar atividades simples. Uma dessas condições é o autismo, um transtorno de desenvolvimento que compromete a capacidade de comunicação e interação. Além das dificuldades causadas pelo próprio transtorno, os autistas também têm que lidar com o preconceito e a falta de preparo de muitos profissionais de todas as áreas, o que dificulta suas vidas muito mais que o necessário.

Felizmente, existem pessoas que são comprometidas em fazer o seu trabalho da melhor maneira possível, independentemente de quem for o seu cliente. Esse é o caso de Francis Jacob, um cabeleireiro canadense que está se tornando muito reconhecido por sua dedicação ao atender um cliente muito especial, Wyatt Lafrenière, de 7 anos.

cabeleireiro atendeu2

Wyatt é autista e muitas vezes sofre de hipersensibilidade, o que faz com que cortar o cabelo se torne uma grande dificuldade, como conta sua mãe, Fauve Lafrenière.

Quando chegava o momento de cortar o cabelo do menino, era sempre o pesadelo, mas depois que conheceram Francis, as coisas mudaram para melhor.

Apesar da aparência séria e fechada, Francis é uma pessoa muito carinhosa e simpática, que sempre faz de tudo para que os momentos de Wyatt na barbearia (cerca de 75 minutos por corte), sejam os mais agradáveis possíveis.

Na última visita, o menino não parava sentado na cadeira e começou a se locomover pela barbearia toda, mas Francis não fez cara feia, nem desistiu do atendimento. Pelo contrário, ele seguiu o cliente até o chão para cortar o seu cabelo e deu certo!

cabeleireiro atendeu3



A mãe de Wyatt ficou encantada com o profissionalismo e carinho do cabeleireiro por seu filho, e fez uma publicação em suas redes sociais com uma foto e um texto elogiando o acontecido, e incentivando mais pessoas a conhecerem o seu trabalho.

“A propósito, você tem aquele barbeiro que dá tudo de si? Meu filho sim, e é o melhor!”, Escreveu Fauve, junto com uma foto do momento em que Francis se deitou para cortar o cabelo do menino.

“É fantástico, ele sempre recebe como se fosse seu grande amigo e meu filho é fascinado. Ele faz todo o possível para deixá-lo confortável. Eu pensei que seria impossível encontrar um lugar assim”, continuou a mãe.

cabeleireiro atendeu4

Francis ficou muito emocionado com a homenagem, e disse que apenas faz o seu trabalho: “Eu admito que chorei quando a vi em todos os lugares. Eu não gosto de ser chamado de herói, eu apenas tento fazer o melhor para a minha comunidade”, disse com muita humildade.

Mais do que um cabeleireiro, Francis se tornou um grande amigo para Wyatt e Fauve e um grande herói para todos nós. Que possamos presenciar todos os dias mais exemplos de dedicação e humanidade como este!

Compartilhe a história com seus amigos!


Direitos autorais da imagem de capa: Reprodução Facebook / @Engel.Fauve






Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.