Comportamento

Levado em furto de sítio, cachorro é encontrado enterrado vivo em Guareí

Sem Titulo 1 34

Ao chegar ao sítio e perceber que o local havia sido invadido, o proprietário percebeu que um dos cachorros também havia sumido.



Em alguns momentos, é impossível compreender até onde chega o nível da maldade de alguns seres humanos. Causar dor e sofrimento a qualquer ser vivo é algo digno de punição severa, como a detenção. Alguns indivíduos não sentem nenhum remorso em fazer pouco caso da vida de animais e semelhantes, agindo de forma completamente condenável.

Um caso extremamente delicado aconteceu em Guareí, São Paulo, onde podemos nos perguntar se existe algum tipo de bondade em algumas pessoas. Um cachorro furtado de um sítio localizado no bairro Jucutinga foi encontrado parcialmente enterrado em um terreno próximo, no dia 10 de fevereiro.

As imagens são chocantes e mostram o animal enterrado vivo até a metade de seu corpo, totalmente preso e refém da maldade humana. Segundo a família, um parente chegou ao sítio, na tarde do dia 10, e percebeu que o local havia sido invadido.


O dono notou a falta de objetos e aparelhos eletrônicos, mas também de um dos seus cachorros, e logo saiu para procurar seu animal.

cachorro enterrado vivo

Direitos autorais: arquivo pessoal.

Quando estava retornando para casa, ele se deparou com uma chocante e inacreditável cena: seu cachorro, um husky siberiano chamado Hatch, estava parcialmente enterrado em um terreno. Os vizinhos tiveram que intervir para, juntos, conseguir resgatar o animal indefeso. A dona não conseguiu acreditar no que aconteceu e diz que a maior dúvida é em relação a quem tenha feito isso. Além disso, ela demonstrou não compreender como podem existir pessoas capazes de cometer atos tão maldosos.

O animal foi encontrado em completo desespero, tentando se soltar a qualquer preço, mas em vão. Durante seu resgate, é possível perceber que Hatch uiva incessantemente, suplicando sua liberdade. Foram necessárias pás e outras ferramentas para conseguir resgatar o cachorro.


A dona de Hatch agradeceu a Deus e a todas as pessoas que ofereceram ajuda e apoio em um momento tão crítico. A mulher afirma que todos foram essenciais e avisou que o seu animal já está bem.

Além disso, ela agradeceu a todos que separaram alguns minutos para compartilhar as postagens a respeito do desaparecimento do cachorro.

A atitude é completamente inacreditável e, até o momento, nenhum suspeito foi identificado ou apontado pela polícia. Mas é necessário que as pessoas percebam que os animais merecem tanto respeito quanto nós, seres humanos, e que, em momento algum, são capazes de cometer tamanha maldade quanto as pessoas que enterraram Hatch vivo.

O que você achou dessa matéria?


Compartilhe com seus amigos e nas suas redes sociais!

Grávida de 21 anos morre após ter bebê arrancado da barriga

Artigo Anterior

Ana Maria Braga ensina a fazer delicioso sorvete de doce de leite com poucos ingredientes

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.