Cada encontro é uma oportunidade de se conhecer melhor no outro

4min. de leitura

Cada encontro é uma etapa do jogo. Vivemos hoje no período mais sonhado pelo homem, tecnologia, avanços da medicina, alimentação disponível com facilidade. A culpa agora é das pessoas, do outro lado. Quem são elas, que não conseguem melhorar o todo? Não seríamos nós?



Pessoas assustadas, temendo as coisas que acontecem no mundo, os seres humanos potencialmente perigosos que parecem brotar do chão aos montes. Alguns dizem que é a pior época para se viver e toda a história da humanidade. O antes era melhor, o amanhã não chegará.

Vivemos hoje no período mais sonhado pelo homem, tecnologia, avanços da medicina, alimentação disponível com facilidade. A culpa agora é das pessoas, do outro lado. Quem são elas, que não conseguem melhorar o todo? Não seríamos nós? O que fizemos com essa capacidade?

Já ouviu falar no jogo dos encontros? É sobre estar diante de si mesmo em cada interação com alguém. Através desse jogo, com detalhada análise, conseguimos perceber que o mundo não passa de uma criação nossa e que cada pessoa que vive nele, cada pessoa com quem nos encontramos, é um reflexo disso que criamos.


Um encontro é uma oportunidade, uma chance de notar as próprias imperfeições, as sombras. Quanto mais deles, mais rápida a limpeza interna se torna.

Mas toda a atenção deve ser dedicada a isso, pois jogar sem conhecer as regras não passa de tempo perdido.

Essa potente ferramenta antecipa as melhorias que podemos trazer para as nossas vidas, a correção do rumo do futuro que tanto tememos. Estamos conectados, somos as pessoas potencialmente perigosas do outro lado do espelho. Odiá-las traz mais ódio para o próprio caminho, para o mundo.

Se cada um de nós se empenhasse em interagir com o outro como se estivesse falando consigo mesmo, muitas coisas mudariam. Relações familiares melhorariam, ambientes de trabalho seriam menos agressivos e muita raiva seria dissipada. E essa é a verdade que queremos negar. Estamos sim falando com o nosso reflexo, colocando no outro as nossas culpas, frustrações e limitações e, fazendo isso, jogamos nossas esperanças cada vez mais no fundo de um buraco.


Por isso, não julgue, não ofenda. Trate-se com respeito e tente entender o motivo daquela pessoa ter surgido para você. Não desperdice a oportunidade com coisas desnecessárias e aproveite para se conhecer melhor no outro, no ambiente em que vive.

O jogo vai se repetir e repetir, quantas vezes for necessário até que sejamos capazes de entender o motivo daquele encontro, da situação que insiste em não sair das nossas vidas.

Quanto mais rígido o seu pensamento, mais doloroso vai ser. Maior será o reflexo negativo no todo, no mundo melhor que sonhamos para o futuro.

Quem entende o jogo, é capaz de conduzi-lo. Caso contrário, será apenas uma vítima das circunstâncias.


Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: azgek / 123RF Imagens

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

* Matéria atualizada em 11/08/2018 às 7:40






Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.