Família

Câmera capta momento fofo em que bebê chama homem de “papai” pela primeira vez

capa site Camera capta momento fofo em que bebe chama homem de papai pela primeira vez

O homem se surpreende ao ouvir o filho chamá-lo de pai pela primeira vez e transborda a emoção em um dos vídeos mais fofos que você vai ver.

Quando os filhos nascem, cada pequena conquista marca uma etapa vencida, um pequeno passo para um futuro gigante. A primeira vez que o bebê sorri, quando rola, quando se senta, consegue dominar as mãozinhas, as tentativas do que seria engatinhar. Toda essa trajetória, para os pais, é digna de muita comemoração, tudo porque crescer não é simples, é árduo e exige dedicação, mas é uma verdadeira delícia também.

Quem nunca se emocionou com os primeiros passinhos daquele bebê que até ontem estava na barriga? Com aquele olhar singelo, o primeiro carinho, o choro que cessa quando o acolhimento chega.

Mais do que mentores para as crianças, os pais e responsáveis são exemplos de calmaria, são capazes de lhe fornecer a segurança necessária em apenas um abraço, um olhar profundo.

Em Saint Paul (Minnesota/Estados Unidos), um vídeo caiu nas graças dos internautas, sendo visto mais de 70 mil vezes em poucos dias. As imagens foram registradas pelo monitor pelo qual os pais veem se o filho está acordado, a famosa “babá eletrônica”. Fidel Valesquez, pai de dois meninos, Beckett e Harrison, é visto comemorando por ser chamado de “papai” pela primeira vez por um dos filhos.

O filho mais velho, Beckett, está de pé no berço quando o pai entra no cômodo. Alguns segundos depois, o menino diz: “Hello, daddy” (“Olá, papai”, em tradução livre). Fidel fica alguns segundos em silêncio, como se estivesse processando o que tinha acabado de acontecer, totalmente impressionado com a situação.

2 Camera capta momento fofo em que bebe chama homem de papai pela primeira vez

Direitos autorais: reprodução/ arquivo pessoal

O pai ergue os braços e vai até o berço do filho, comemorando antes de pegá-lo do colo. Enquanto tira o filho do berço, recheado de ursinhos de pelúcia, ele exclama que o filho realmente tinha o chamado de papai antes de lhe dar um beijo. Fidel, emocionado, tira o filho rapidamente do berço, o que o faz protestar por um curto período, mas é acalmado rapidamente pelo genitor.

 

3 Camera capta momento fofo em que bebe chama homem de papai pela primeira vez

Direitos autorais: reprodução/ arquivo pessoal

A simplicidade do vídeo é capaz de contagiar todas as gerações, porque a surpresa aconteceu de maneira genuína. Pais, mães, avós e outros parentes e amigos que veem uma criança crescer, acompanhando seus estágios de perto, sabem muito bem a emoção de ouvir seu nome sair pela primeira vez da boca de alguém tão pequeno. O amor parece transbordar, e todos sonham com o momento em que isso vai acontecer.

Qual o momento certo para a criança começar a falar?

De acordo com a fonoaudióloga e coordenadora técnica de fonoaudiologia clínica do Instituto Nacional de Saúde da Mulher, da Criança e do Adolescente Fernandes Figueira (IFF/Fiocruz), Maria Lúcia Menezes, o momento tão esperado das primeiras palavras com significados acontece no tempo de cada criança, com evidência a partir dos 12 meses.

Mesmo assim, Maria Lúcia reforça que aos 3 meses o bebê já começa o processo de comunicação, tendo preferência pelo próprio nome. Em torno dos 6 meses, algumas sílabas passam a fazer parte do vocabulário, e é nesse momento que o contexto familiar pode influenciar positivamente para incentivá-lo a prosseguir suas tentativas.

Mas é preciso paciência, apenas por volta do primeiro ano as crianças passam a pronunciar palavras que façam algum sentido. Os pais e/ou cuidadores podem auxiliar, tirando um tempo do dia para “conversar” com elas, falando nome de objetos e animais, por exemplo, e dando alguns traços de suas características. A fonoaudióloga reforça que “o desenvolvimento da fala depende fundamentalmente da sua exposição a um contexto linguístico afetivo e social e de fatores biológicos”.

Em torno dos 18 meses, é esperado que a criança já fale palavras simples, como “mamãe”, “papai”, “bola”, e caso não apresente esse nível de dicção, o mais indicado é buscar um especialista pediátrico para investigar as possíveis causas do atraso. Mesmo assim, alguns bebês aos 10 meses já proferem suas primeiras palavras, enquanto outros podem ultrapassar um pouco a marca dos 12 meses. Por isso, a paciência é indicada aos adultos, já que os marcos de desenvolvimento não devem ser colocados em um parâmetro competitivo, mas para servir como orientação.

0 %