Notícias

Cantor gospel dá calote de R$ 300 mil em lojas de grife

cantor gospel

O cantor gospel André Luís dos Santos Pereira, de 35 anos, deu calote de aproximadamente R$ 300 mil em algumas das caras grifes do mundo.



Segundo a Policia Civil do Distrito Federal, o valor do golpe se refere a roupas e acessórios de alto padrão.

De acordo com apuração da coluna Na Mira, do portal Metrópoles, o cantor foi indiciado por associação criminosa –ele agia com dois outros comparsas, que também foram indiciados– e estelionato.

Ainda segundo a coluna, além disso, ele está envolvido com a “máfia dos concursos”, quadrilha que fraudava e vendia vagas em cargos concursados.


Famoso na música gospel brasileira, ele tem 265 mil seguidores nas redes sociais e realizava lives e apresentações em igrejas evangélicas e em programas de televisão.

Os golpes eram aplicados usando uma sala comercial no centro do DF. Representantes das grifes eram levados a esse escritório pelos outros indiciados, Carlos Roberto Saraiva Júnior e Tiago Barbosa de Miranda.

O trio chegava a simular pagamentos e mostrar comprovativos falsos. Quando a loja descobria o golpe, o grupo começava a inventar desculpas para não enviar dinheiro.

Prada, Gucci e Burberry foram vítimas do religioso e de seus assessores. Agora eles podem acabar na cadeia.


Estupro em metrô causa discussão sobre o uso correto do celular, diz polícia

Artigo Anterior

Pastor tem AVC em igreja ao cantar ‘não deixe um soldado ferido morrer’ e morre após 3 dias

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.