Animais

Cão com câncer terminal é adotado em seus últimos dias e recebe muito amor: “Todo cão merece uma chance”

Uma história de muito amor. Esse cão teve a oportunidade de conhecer o amor verdadeiro antes de partir!



Os cães deveriam ser eternos, mas infelizmente não são. Assim como nós, eles estão suscetíveis a diversos problemas de saúde e por isso podem enfrentar grandes desafios.

Esse é o caso de Roosevelt, um pitbull, de 5 anos de idade, que foi diagnosticado com câncer nos ossos e problemas na pele. Por conta de sua doença, ele foi entregue à ONG One Tail At a Time, nos Estados Unidos, para ser cuidado por pessoas mais experientes.

Graças aos voluntários do local e aos centros veterinários parceiros, Roosevelt realizou vários exames para que os seus novos cuidadores compreendessem sua saúde e que tipo de tratamento seria necessário para dar-lhe o máximo de tempo possível.


Roosevelt estava com problemas urinários e dentários, que foram tratados mas, infelizmente, foi descoberto que o seu câncer estava em estágio terminal e ele tinha apenas algum tempo de vida disponível.

A notícia foi bastante triste para os funcionários da ONG, que por vários meses cuidaram do animal e atenderam às suas necessidades.

No entanto, algo muito especial aconteceu, que permitiu aos seus corações ficarem aliviados, pois saberiam que Roosevelt receberia muito amor e acolhimento em seus momentos finais.

Kim, uma das funcionárias da ONG, e Sarah Lauch, uma voluntária, que acompanhou o caso do cão desde o princípio, resolveram formalmente adotá-lo, para que ele tivesse uma família e recebesse todo o amor e atenção que merecia.


A novidade foi compartilhada pela ONG em seu perfil no Facebook:

Direitos autorais: reprodução Facebook/One Tail At a Time.

Sarah criou uma espécie de “lista de desejos” para o cão, levou-o a diversos passeios e lhe proporcionou momentos bastante especiais ao lado de outros amigos caninos, para que ele tivesse experiências incríveis e partisse sabendo que foi bastante amado:

Direitos autorais: reprodução Facebook/Sarah Lauch e Josh Feeney.

Em uma publicação em seu perfil no Facebook, Sarah disse que a luta para salvar os cães vale a pena e que todos eles merecem uma chance. Ela também disse que, apesar de o seu coração estar perdido com a notícia de que seu parceiro estava em seus últimos dias, ela ia aproveitar ao máximo sua companhia, enquanto ainda estivesse por perto.


Direitos autorais: reprodução Facebook/Sarah Lauch.

Felizmente, Roosevelt teve um lar e uma família para curtir em seus últimos momentos, e pôde deixar essa Terra sabendo que não estava sozinho e que deixou uma marca de amor em muitos corações.

É isso o que todo cão merece!

Compartilhe essa história tão especial em suas redes sociais!


Pai é fotografado carregando filho nas costas enquanto trabalha em construção. Não podia deixá-lo!

Artigo Anterior

Apresentador Carlos Alberto de Nóbrega é internado com covid-19, aos 84 anos

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.