publicidade

Cão herói protege garoto perdido pelas ruas de bairro

Ao contrário da má fama de cão violento, o pitbull protegeu a criança enquanto ela estava vagando, sozinha, pelas ruas do bairro onde se perdeu.



Que os cães são os melhores amigos do homem, isso muita gente já sabe, mas esses animais fantásticos também podem se revelar grandes heróis. E a prova disso foi um situação inusitada e, ao mesmo tempo emocionante, protagonizada por um garotinho e um cão da raça pitbull, que ocorreu em um bairro ao norte de Saint Louis City, no Missouri (EUA).

Tudo começou quando o pequeno Kh’amorion Taylor, como o menino é chamado, perdeu-se pela vizinhança. Conforme o canal Fox 2, o garoto saiu de casa sem que seu pai percebesse, vestido de pijama, e se perdeu. Foi então que um verdadeiro anjo de quatro patas, literalmente, cruzou o caminho do menino.

O pitbull, que aparentemente vivia na rua, passou a “escoltar” o garotinho ao perceber que ele estava sozinho.

A situação fofa chama ainda mais atenção ao considerarmos que essa raça de animal ainda é vista como uma das mais violentas e perigosas do mundo. Mas, ao contrário da má fama, o pitbull de grande porte, em vez de atacar, decidiu proteger o garoto, por puro instinto, enquanto a criança vagava pelas ruas do bairro.


A partir desse primeiro encontro, logo nas primeiras horas da manhã, os dois novos amigos continuaram juntos até que uma moradora se preocupou ao ver o garoto, aparentemente, perdido e andando descalço, vestido de pijama. Ao canal de televisão americano, a mulher contou que, num primeiro momento, ficou chocada ao ver o animal daquele tamanho ao lado da criança.

Mas, apesar do susto inicial, ela decidiu fazer como o cão e ajudar o garotinho a chegar em casa. A mulher saiu batendo de porta em porta na expectativa de encontrar a residência onde o garotinho morava com a família.

Depois que muitos disseram não conhecer a criança, a mulher decidiu postar a foto dele nas redes sociais, foi quando, enfim, o pai de Taylor ficou sabendo do desaparecimento da criança.

Ao ver o pai e filho, a vizinha, que pediu para não ser identificada, sentiu-se aliviada. Segundo ela, todos nós precisamos voltar a ter o senso de unidade, como na época de nossos avós, pois só assim é que conseguiremos cuidar uns dos outros.


Já o garotinho não parou de repetir que havia gostado do daquele pitbull, ao qual não parava de chamar de “cachorrinho”, enquanto já estava se unindo ao seu pai. Diante do ato heroico do cachorro, a polícia de Saint Louis inclusive cogitou adotar o cachorro.

Você tem algum cão tão dócil quanto esse em casa? Responda nos comentários.

Não deixe de compartilhar este texto nas suas redes sociais.

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.