Animais

Cão militar se recusa a deixar cuidador. Eles passaram dois anos juntos, dia e noite!

Depois de dois anos lado a lado, em treinamentos e dividindo diversas experiências, esse cão não quer que o treinador se aposente do exército.



Cachorros se apegam aos donos e aos seres humanos mais próximos com muita facilidade, demonstram grande carinho e compaixão durante o tempo que passam conosco e conseguem pressentir quando algo não está certo.

Seja por meio de pequenos gestos de carinho e compaixão ou por empatia, eles conseguem entender nossas emoções bem melhor do que nós mesmos.

E quando o momento é de despedida, eles estão sempre a par do que acontece. A cerimônia de passagem de guarda foi captada por câmeras da TV estatal chinesa e mostra o cachorro relutante em ver a pessoa com quem ele tanto se importa deixá-lo.


Passado para os cuidados de outro oficial, o golden retriever se desprende da coleira e corre em direção ao oficial que está se retirando. Não satisfeito, ele dá meia-volta e se joga no colo de Jia Chuan, o treinador que o acompanha por muito tempo.

Da Mao, o cachorro rebelde, pula e abraça o homem com força e não o deixa seguir. Sabendo tudo o que se passa, ele quer o companheiro de volta.

Sem poder levá-lo para casa, o treinador não pode fazer nada, só receber o carinho do animal e retribuí-lo, assim como fizeram por tanto tempo juntos. O vídeo viralizou na internet e deixou muita gente apaixonada pela relação dos dois.

Direitos autorais: reprodução/CCTV.


A amizade e o companheirismo são formas como os animais demonstram quão importantes somos para eles. Depois de oito anos treinando cães farejadores para o exército chinês, Jia Chuan se aposenta. Da Mao foi seu último parceiro de trabalho, eles ficaram juntos dia e noite, desde que o cãozinho teve idade para ser treinado. O elo desses dois não pode ser quebrado tão facilmente.

Os cachorros têm muita lealdade a seus donos e treinadores, retribuem o carinho que recebem com muita facilidade e, quando precisamos, são sempre os primeiros a nos ajudar. Nesse caso, Da Mao só quer manter seu melhor companheiro por perto e ter os melhores momentos que viveram juntos para sempre.

O que você achou deste texto?

Comente aqui se a atitude de Da Mao o emocionou e compartilhe esta história com os amigos.


Mulher anda por SP com carro enfeitado e celebra vitória sobre o câncer: “Minha última quimioterapia”

Artigo Anterior

Jovem pula em represa para resgatar araras que estavam se afogando. Salvou suas vidas!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.