Cãozinho resgatado raciona a sua comida com medo de passar fome novamente

Quando passamos por dificuldades, aprendemos muito sobre como o universo funciona e que devemos valorizar tudo o que temos hoje, porque a vida pode mudar de um dia para o outro.

Se você já viveu um momento com esse, em que foi privado até mesmo das coisas básicas, sabe como essa experiência pode ser transformadora.

No entanto, ao que parece, esse aprendizado não é exclusivo dos seres humanos. Os animais também guardam suas próprias lições dos momentos de dificuldade que viveram, especialmente aqueles que por muito tempo já moraram na rua e dependiam de favores de alguns seres humanos para sobreviver.

Esse é o caso de Otávio, um cachorrinho que foi adotado por uma família que lhe dá muito amor e carinho, mas viveu um passado de grandes dificuldades, e que ainda afeta a maneira como segue sua vida.

cãozinho resgatado raciona3

Otávio tinha sido adotado por uma família que pegava muitos cãezinhos para criar, mas os maltratavam e negligenciavam. Ele sofreu por um tempo nesse lugar, mas depois de algum tempo uma equipe de resgate o levou, juntamente com seus demais companheiros, para um abrigo e os cuidou até que fossem adotados novamente, dessa vez por pais responsáveis e amorosos.

Nesse novo abrigo, Otávio teve a oportunidade de encontrar sua nova família. Joice Lamas e seu marido se apaixonaram pelo cão assim que o viram e o adotaram, sem pensar duas vezes.

“Desde o primeiro momento em que o vimos, nunca nos separamos”, disse Joice ao The Dodo.

A princípio, Otávio era muito tímido e na dele, não se relacionava muito com os novos donos, muito provavelmente por conta dos traumas que carrega consigo do tempo em que viveu com os donos antigos. No entanto, com o tempo ele percebeu que podia confiar em Joice e em seu marido, e não fica mais estremecido quando alguém chega perto para fazer carinho.

cãozinho resgatado raciona4

Ainda assim, mesmo com essa realidade de vida mais feliz, algumas feridas do passado ainda estão presentes na rotina de Otávio, e isso se mostra através de alguns comportamentos. Um deles corta o coração dos donos, pois mostra com quanto descaso ele havia sido tratado antes.

Segundo os donos, sempre que servem comida no portinho, Otávio só come a metade. O restante ele guarda. Eles ficavam se perguntando o motivo, até que associaram o passado de maus-tratos que sofreu e imaginaram que certamente ele não comia todos os dias, então guardava metade de sua comida para os outros dias ou para repartir com cães com quem vivia.

cãozinho resgatado raciona2

“É triste (…) Eu sempre digo a ele: ‘Tudo bem se você comer tudo’”, conta Joice.

Apesar dessa consequência negativa, o fato é que agora ele é cercado de atenção, amor e cuidado, e não será mais privado de comida ou de qualquer coisa que seja. Otávio finalmente pode deixar esse passado ruim para trás e viver feliz com sua nova família!


Direitos autorais das imagens utilizadas no texto: Divulgação



Deixe seu comentário