CARTA A MIM MESMA…



O que você diria a si mesmo sobre as coisas de sua vida? E se pudesse se colocar por fora de todas as situações pelas quais já passou e pudesse lhe dar conselhos? Ou se pudesse do futuro mandar recados para si mesmo?
***

Eu começaria dizendo para me acalmar, que tudo daria certo.
Diria que quando eu fosse mais velha, eu passaria a entender meus pais, para ter um pouco mais de paciência.
Diria para eu comer tudo o que eu quisesse pois, no final das contas, o corpo de nada serviria, mas sim, as lembranças dos bons momentos sentados em volta de uma mesa e jogando conversa fora.

Diria que dormir demais faz perder tempo de vida e que o segredo da organização da vida é muito simples.
Que não é a coisa mais difícil do mundo acordar cedo e que amores vêm e vão.
Diria para eu ter mais calma nos meus relacionamentos, porque quem muito se abre, é invadido mais do que gostaria.
Diria que as decisões não são tão sem volta assim e que na vida tudo tem jeito, menos a morte.
Até doenças, dependendo da fé.

Diria aliás, que Deus sempre esteve ali me ouvindo e que ria dos meus problemas, tão pequenos…
Mas que dizia também que eu me tornaria uma pessoa forte ao me preocupar tanto assim com as coisas.
Diria para eu me acalmar pois minha velhice seria farta de comida boa e boas risadas com amigos tão velhos quanto eu.
Me daria broncas pela quantidade de vezes que deixei de curtir o presente preocupada com coisas que não estavam no momento de serem resolvidas.
Diria que até as pessoas que me magoaram, gostaram de mim de alguma forma e que ninguém é de todo ruim.
Para eu aceitar que seres humanos são fracos e erram, escorregam, mas que isso não os define no todo.

Diria que perdoar é melhor que remoer.
Diria que cada escolha que tomei, foi para que eu crescesse de alguma forma e que cada pessoa que cruzei, teria um papel importante em algum momento de minha vida.
Diria que estou fazendo tudo muito direitinho e no meu tempo e que logo as recompensas virão, afinal, por quê Deus não ajudaria quem batalha?
Diria que mesmo que Deus não exista, minha fé serve para alguma coisa…
Diria que incensos não resolvem problemas, mas que minha crença sim.

Diria que não existe dor que não passe pelo cérebro antes e que, portanto, a cura de mente seria essencial para a cura do corpo.
Diria que diferentes religiões não me negariam por eu ser uma boa pessoa em busca de ajuda.
Diria que aquela amizade que deu errado, foi para me fazer crescer e que aquelas pessoas que me pediram dinheiro na rua, terão paz um dia.
Diria que meus erros seriam esquecidos e perdoados.

Diria que sou bonita para tantas pessoas que nem imagino e que um cabelo mau cuidado não importa nada.
Que todos os abraços que dei foram tão úteis quanto água e que meus textos um dia seriam minha fonte de vida.
Diria que meus pais viveriam para sempre e que meu irmão um dia se curaria do autismo e seria um adulto independente e feliz.
E que mesmo que ele continuasse autista, que isso não seria problema algum, pois ele veio para nos ensinar.

Diria que um dia eu ganharia o futuro que sempre quis e uma família linda e harmoniosa, com crianças fazendo bagunça com farinha na cozinha e que esta cozinha seria a cozinha dos meus sonhos, com grandes portas de vidro de correr e vista para um jardim, onde a luz do sol iluminaria todos os nossos cafés da manhã.
E que meus filhos adorariam o tio autista deles brincando com eles de carros e de sinal de trânsito.



Diria que em breve isso tudo irá acontecer e que eu poderia relaxar e ver uma televisão sem culpa.
Diria que eu nunca teria nenhuma doença terminal e que poderia relaxar sem medo de viver.
Diria que tudo está sob controle, que passarei por dificuldades, mas que no final, me orgulharei de ter sido quem fui.

E vocês, o que gostariam de dizer a si mesmos para que suas vidas melhorassem?
Para que passassem a viver com mais harmonia e mais tranquilidade?
O que gostariam de ouvir de alguém sobrenatural ou de si mesmos, vindos do futuro sobre suas vidas?

Às vezes é bom sair da realidade e sonhar com uma fonte de tranquilidade.
Eu sonhei com esta.
A de mim mesma, espírito evoluído, vivendo talvez em um universo paralelo, quem sabe, me dizendo que tudo, tudo dará certo.
E assim pretendo desenvolver meus planos e meu caminho.
Quem sabe minha fé nisso tudo me ajuda a transformar tudo isso em realidade?

Fé. Em alguma coisa. Tenham por favor.
O mundo está precisando de pessoas melhores.

Vamos iniciar esta corrente, esta viagem… Um pouco mais de fantasia porque a realidade dói!






Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.