publicidade

Carta ao ex amor que ainda amo…

Ao ex amor que ainda amo…

Foram muitos anos juntos até o nosso final chegar. Nós acreditávamos que seria para sempre, só que não foi. Depois de tantos anos eu agradeço cada segundo por ter compartilhado tantos momentos com você.



As risadas, o amor inocente, as experiências imaturas, as declarações exageradas, as brigas intermináveis, as separações que acabavam em reconciliações cheias de amor. Fomos muito intensos. Após o fim do nosso relacionamento seguimos com nossas vidas separados. Não houve amizade, nem sequer a tentativa de mantê-la. Nós sabíamos que não iríamos conseguir.

Depois veio, pelo menos para mim, o luto. A fase de aceitar o término e avaliar tudo que você deixou. Uma fase demorada e solitária. Só eu sabia o que sentia naquele momento. Só que esse momento também passou.

As pessoas costumam perguntar se ainda não sinto mais nada por você. Eles não sabem o quão forte é o nosso amor.

Claro que sinto! Eu ainda amo muito você. Só que hoje o nosso amor é diferente. Sabemos tudo que fomos e o que significamos até hoje um para o outro. Ainda hoje há amor entre nós. Como eu posso afirmar?


Consigo perceber o amor que existe em nós pelo doce olhar que trocamos nas esquinas da vida e onde sem precisar de nenhuma palavra fazemos a mais linda declaração de amor que podemos fazer um para o outro:

– Eu te amo e torço por você.

Falamos isso em cada olhar e em todas as vezes que nos encontramos. Sem que ninguém perceba ou precise saber mantemos nosso olhar de amor. Somos saudosos do tempo que estávamos juntos sim, só que sabemos que a vida seguiu em frente. Que mudamos, tomamos decisões e não cabe mais em nossas vidas o ‘estar dividindo o mesmo teto ou uma grande reconciliação’. Mas cabe o amor que temos.


Aquele amor singelo onde podemos nos entender em um olhar, mesmo com novos parceiros para vida e uma estrutura completamente diferente de sonhos e objetivos nós estamos torcendo pela felicidade um do outro.

Muitas pessoas me dizem que só existe amor de querer estar junto. Eu vivencio o amor de estar separado. Nós sabemos que a cada passo da vida um do outro estaremos na lembrança, na torcida silenciosa e singela para que dê certo.

Sei que eu fico feliz ao vê-lo sorrir e dizer que ama outra pessoa, simplesmente por saber que esse amor não aniquila tudo que fomos juntos e tudo que somos um para o outro. Esse é o amor separado, poder olhar para a pessoa distante de você fisicamente e senti-la no seu coração como uma preciosidade vivida.

Quando se tem uma pessoa que você ama e que ela te ama baseado na simplicidade a história não termina. O sentimento chamado amor é uma força e ela não se prende a mera atração física. O que eu sinto é basicamente uma força de gratidão por ter vivido e ainda viver aquele doce olhar me tocar, aquele sorriso tímido sem ninguém perceber quando ouve minha voz, a doçura de dizer eu estou feliz sem você como minha mulher, mas te terei eternamente como minha paixão.

Quero te dizer ex amor que a recíproca é verdadeira. Eu também sou muito feliz ao ouvir seus sorrisos e suas conquistas e principalmente sou muito feliz por você ainda não ter deixado morrer o doce amor que existe em nós.

“Mas como sou seu anjo eu não posso te deixar, se você correr perigo estou aqui para te salvar. Mas como sou seu anjo eu não vou ficar ausente e te protejo mesmo sem estar presente.”

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.