Notícias

Carta de menino que diz não ter dinheiro para comida comove time de futebol na Inglaterra

capa carta de menino que diz nao ter dinheiro para comida comove time de futebol na Inglaterra

A cartinha do torcedor foi compartilhada nas redes sociais e deu origem a uma campanha de doações especial. Saiba mais!

A simplicidade e a pureza das crianças são capazes de tocar o nosso coração e inspirar atos de gentileza emocionantes. Nos últimos dias, o caso de um menino inglês e seu carinho pelo time de futebol preferido tem tocado corações no mundo todo.

O Mirror contou o caso do menino de 6 anos, inicialmente identificado apenas como Joe. Muito fã do time de futebol Swindon Town, ele escreveu uma cartinha para o seu jogador preferido, Harry McKirdy, junto com algumas moedas de valor baixo.

A cartinha, que emocionou muita gente, dizia: “Mamãe não pode me levar aos jogos do Swindon porque ela não tem dinheiro para comida e tem que pagar meu lanche na escola”, escreveu. “Eu gosto de Swindon Town Harry McKirdy. Eu irei um dia. Joe de 6 anos e meio”, acrescentou o menino.

Numa publicação no seu perfil oficial no Twitter, o time contou o caso acrescentando que gostaria muito de identificar o menino, para que pudessem entrar em contato com ele. A resposta da web foi rápida e poderosa.

De acordo com o portal de notícias, em menos de 24 horas, mais de 350 torcedores de clubes, como Liverpool e Manchester City, doaram até £ 50 (equivalentes a aproximadamente R$ 350) para uma vaquinha online criada com o intuito de proporcionar ao menino a oportunidade de assistir a uma partida do seu amado time ao vivo.

A arrecadação de fundos rompeu fronteiras e chegou aos Estados Unidos, e o jogador de futebol Scott Allinson postou uma foto junto com sua doação de £ 20 (R$ 140): “Li a história e me senti tão mal pelo menino. Espero que vocês o encontrem e que ele tenha a oportunidade de passar um ótimo dia no Swindon Town FC. De um torcedor do Middlesbrough, em Houston, Texas, EUA”.

O pequeno Niamh Denehan, de 9 anos, fã do Liverpool, deu a Joe £ 5 (R$ 40) do próprio bolso, escrevendo: “Espero que você jogue pelo seu time favorito algum dia”.

Lyn Sutherland deu £ 10 e deixou o seu carinho: “Espero que você tenha o melhor dia, Joe, quando puder assistir ao seu time jogar”.

Outras centenas de outras pessoas contribuíram, e a vaquinha já soma mais de £ 10 mil (mais de R$ 70 mil) em doações.

Mark Bevan, criador da arrecadação para apoiar o menino, escreveu na descrição da página: “Swindon Town FC foi contatado por um jovem chamado Joe, que infelizmente não tem os privilégios de assistir a jogos de futebol! É aqui que o futebol se junta. Vamos todos nos reunir e ajudar Joe e sua família a assistirem a um jogo, dando a ele uma experiência para a vida!”

A identidade do menino ainda não foi revelada pela imprensa, mas acredita-se que logo, logo ele receberá essa poderosa ajuda e terá seu grande sonho, de ver os ídolos de perto, realizado.

Além de toda a mobilização em prol do menino, toda essa situação ainda despertou a atenção do time de futebol para as necessidades das pessoas de baixa renda.

O Swindon FC anunciou que faria uma parceria com o grupo de apoiadores independentes Great Western Reds e o Swindon Food Collective para criar um ponto de doação de alimentos em seu estádio, o County Ground, e apoiar a “grande instituição de caridade local”.

Que história bacana! Esperamos que os resultados sejam os melhores possíveis e que Joe tenha um momento muito especial ao lado de seus ídolos!

0 %