publicidade

A carta… – em algum lugar…

Em algum lugar… – 04 de outubro de 2016



Querido (a) Fantoche,

Sabe quantas vezes ensaiei lhe escrever uma carta?

Não uma carta qualquer. Uma carta de várias páginas que a cada virar de folha você pudesse sentir exatamente minha emoção ao escrevê-la.

Um resgate emocional capaz de lhe provar a cadência de nossos sentimentos. Sim! Digo nossos porque você nunca teve coragem de se expor, e hoje me pergunto, porque teria?



Viver! A ação mais real e disfarçada de um teatro cuja peça pode ser chamada de vida, é o habitat preferido para aqueles que como você, encena de modo esplêndido uma felicidade manipulada e cheia de trejeitos que agradam “determinada” plateia.

a-carta-3



Alguma vez passou por sua cabeça o que seria sua vida se resolvesse a vivê-la plenamente? Acredito que suas emoções devem estar empoeiradas em algum lugar tão bem escondido que tens dificuldade para senti-las.

Enquanto a maior parte da “plateia” lhe aplaudia, eu que ali estava, assistindo tudo de camarote, deixei que as lágrimas escorressem ao lhe ver enterrar sentimentos acobertados pelo aconchego do que compartilhávamos. Soube naquele exato instante que sua performance não passava de uma magnifica peça teatral.

A dor deste seu “ato”, foi o que restou dentro de mim. Algo que abriu portas dentro do meu ser que eu não conhecia. Em cada uma delas descobri significados que tentei transformar no que quase chegamos a viver. Uma herança emocional que possibilitou o meu redescobrimento.

Mesmo depois de tudo ainda paro algumas raras vezes para observar o seu “faz de conta”.
E fico pensando se você lembra do dia que nos conhecemos? Aposto que sim!

_MG_0026

_MG_0026

Todavia fará força para não se lembrar pois em sua “vida perfeita” não há espaços para melancolia a não ser é claro quando se olhas no espelho, naqueles minutos que gastamos ao refletir a respeito das escolhas que fizemos, e nesse breve momento você perceberá a fragilidade de seus sentimentos.

E não se estranhe se a imagem refletida for a minha.

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.