Família

Carta para a minha mãe que está no céu: um amor além da vida!

carta para a minha mae que esta no ceu Um amor alem da vida 1

Uma das perdas que mais nos marcam é a perda da nossa mãe. Não importam as circunstâncias e todos os alertas que o destino ou a sua saúde já tenham nos transmitido, nunca estamos verdadeiramente prontos para dizer “adeus” a elas, que são algumas das pessoas que mais amamos.



Conforme os anos passam, a dor vai dando espaço a uma saudade boa, banhada pelas boas lembranças dessas mulheres que nos ensinaram sobre força, coragem e amor incondicional.

Todas as palavras que podem nos ter faltado quando estávamos nos despedindo delas agora parecem vir naturalmente aos nossos corações, oferecendo-nos consolo e conforto nos dias mais difíceis, e servindo como uma maneira de demonstrar-lhes, não importa onde estejam, que o nosso amor por elas será eterno.

Se você já perdeu sua mãe, certamente precisa lidar com alguns sentimentos diariamente, entre eles a vontade de dizer-lhe o quanto lhe faz falta.


Preparamos uma carta muito especial, que pode ser usada quando você quiser conversar com a sua mãezinha. Esperamos que ajude a encontrar um conforto no coração quando você estiver precisando.

Carta para a minha mãe que está no céu: um amor além da vida!

Oi mãe, como vão as coisas por aí?

Estou passando para dizer algumas coisas, especialmente que sinto sua falta e queria que você estivesse aqui.


Não importa a idade dos filhos ou oquão independentes tenham se tornado, as mães nunca se tornam insubstituíveis, e quando elas morrem, deixam um vazio permanente em suas vidas.

Quando você partiu, foi muito difícil para mim. Até mesmo respirar se tornou um grande sacrifício, e me senti como uma folha seca voando movida pelo vento, sem nenhuma direção correta a seguir, nenhum plano para o futuro. Caí infinitas vezes e me levantei mais do que posso contar, mas continuo firme, sobrevivendo.

Queria que você soubesse que sinto a sua falta mais do que posso expressar com palavras, mãe. Sinto saudades desde o momento em que acordo até quando vou me deitar, e procurei diversas coisas para me “preencher”, muitas delas acabaram me deixando ainda pior, e outras me ajudaram muito.

Sinto falta de tudo em você, mãe, das suas comidas maravilhosas, que ninguém consegue igualar, da forma como arrumava a minha cama e minha roupas. Sinto falta do carinho e amor que me entregava com tanta espontaneidade e também do sentimento de segurança que sentia por tê-la ao meu lado.


Sinto falta de você inteira, com seus erros e acertos, você me moldou em quem eu sou hoje, e gostaria de compartilhar minhas novas versões com você todos os dias.
Felizmente, pude contar com a família, que nunca me desamparou, com meus amigos, e com o desenrolar da vida, que sempre nos coloca onde devemos estar.

Apesar de tudo isso, mãe, nunca te esquecerei. Nunca seria capaz. Todos os dias, me pego relembrando de algum momento nosso, seja bom ou ruim, e me perco por um tempo nas emoções que compartilhei naquela época, até voltar à realidade e lembrar que preciso seguir caminhando e fazendo o meu melhor por mim e por todos os que se importam comigo.

Apesar de toda a saudade, permaneço firme, me apegando a todas as coisas incríveis que aprendi com você, mãe. Você foi uma mãe fantástica: resiliente, bem-humorada, otimista e generosa, sempre sendo capaz de colocar um sorriso em meu rosto mesmo nas épocas mais difíceis de nossas vidas.


Meu objetivo enquanto adulto é me tornar cada vez mais parecido com você.

Sua perda, no final das contas, me fortaleceu. Hoje sou uma pessoa independente, que sabe enfrentar qualquer desafio na vida, e espero poder passar a mesma sabedoria aos meus filhos um dia.

Sempre me lembro de você em minhas orações, mãe, e torço para que aí do Céu você consiga acompanhar de perto todas as minhas vitórias, sabendo que cada uma delas tem um pouco de você e seu amor.

A saudade é grande, mas saiba que eu estou bem, e sempre ficarei, pois você trilhou o caminho para mim da melhor maneira possível.


Obrigada por tudo, mãe. Eu amo Você.

Seu filho.

Adriana Esteves revela que faz terapia há 16 anos: “Renasci após a depressão”

Artigo Anterior

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.