ColunistasMotivação

Carta para um ano que nasce…

CARTA PARA UM ANO QUE NASCE capa e dentro

Você, gerado em espera minuciosa, desejado como remédio para os males do presente, planejado com listas de promessas jamais cumpridas, está para nascer a qualquer momento.



Você, libertador de regras absurdas, realizador de sonhos intempestivos. Você, que chega de férias, que chega juntinho, que faz festa, que traz promessas. Você, ano que chega de fininho, que faz carnaval, que dá trabalho, que traz recesso, feriado, aniversário.

Você que é o nosso recomeço em calendário. Você, que nos promete um novo livro em branco, uma nova chance de encontrar a felicidade. Você, fênix numerada, você, válvula de escape. Você, ano novo que nasce.

Você, festejado com fogos de artifício e com artifícios mil. Você, celebrado com o branco da paz, como o amarelo do dinheiro, com o vermelho da paixão, com o verde da esperança, com o rosa do amor. Você, multicolorido em jardins ainda em broto. Você, recém-nascido do mistério da continuação.


Você, dia após o outro em brincadeira de criança. Você, que em meses se faz jovem e logo já envelhece. Você, que anda correndo demais. Você, que passa rápido e logo traz o Natal. Você que não segura o tempo. Você que nos traz mais idade, felicidade. Você que nos traz lutas e lutos. Você que não tem pena de ninguém e que leva com você quem tem que levar. Você que traz novas vidas, novos rumos, novos trabalhos, novos meios de ser feliz.

Você, novo ano que renasce trazendo num diário bem detalhado tudo o que já brincamos de ser. Você, navegante desde os maias, você, numerado após Cristo. Você, que vem à luz à meia noite. Você que faz a gente pular ondas. Comer romã.

Você que nasce reunindo nossas famílias. Você que nos dá uns dias de descanso da vida lá fora. Você que deixa histórias para trás enquanto nos conta a sua. Você que vira filme, que se torna novela. Você que caminha nas coxias do teatro. Você que dança sem música. Você que faz sua própria trilha sonora. Você que nasce com seu caminho e nos deixa caminhar sobre seu chão. Você que nos empresta suas datas, seus meses e suas semanas. Você que nos dá seus dias, suas horas, minutos e segundos. Você que nos acorda pela manhã e nos nina em sono noturno.

Você que nos lembra das belezas da vida. Você que nos lembra que há sempre uma nova chance. Você que é nossa nova chance. Você que vira alvo de previsões, que traz el niños, guerras, você que dá vazão a tragédias globais, as catástrofes e acidentes. Você que ceifa vidas e que vira tatuagem em epitáfios no cemitério.


Você que faz broto virar flor. Você, ano novo que recomeça. Você que nos recomeça em começo de reconhecimento. Você que nos leva para mais perto de Deus a cada vez que passa. Você que nos engana com novo final sendo sempre o mesmo tempo.

Amor sadio x amor abusivo:

Artigo Anterior

Coisas ruins acontecem para mostrar a força que reside dentro de você!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.