Família

Casal homoafetivo desafia preconceitos, adota irmãos rejeitados e lhes dá uma família de verdade!

A adoção deu às crianças e aos pais a oportunidade de recomeçar da melhor maneira possível. Confira!



Vivemos em uma sociedade em que as famílias ainda são definidas, por grande parte das pessoas, através de conceitos antigos.

Elas devem ser compostas por pai e mãe casados e filhos, e as mulheres devem assumir a total responsabilidade pelo cuidado das crianças, enquanto os homens se concentram em trabalhar fora.

No entanto, a realidade não é mais assim. Hoje em dia, existem famílias de tudo quanto é tipo, e todas merecem respeito e valor, pois sabemos que o que realmente importa no final das contas é se cada um dos membros é feliz, especialmente quando elas também contam com crianças.


Hoje trouxemos o caso de uma família julgada como “não convencional” por muitas pessoas, mas que prova que o amor existe em todos os lugares e deve sempre vir à frente de qualquer convenção. Josh e Kyle, um casal homoafetivo, sempre sonharam em ter filhos, e conseguiram realizá-lo através da adoção.

Em um relato ao Love What Matters, eles contaram a sua jornada. Em 2017, depois de se casar, começaram a analisar as opções de adoção. A mais adequada para eles é aquela na qual deveriam primeiro abrigar a criança temporariamente, para apenas depois adotar.

Direitos autorais: arquivo pessoal.

Então, depois de cumprir o processo certinho, o casal recebeu o recém-nascido Keon, filho de uma mulher com vício em drogas e que nasceu com um problema sério de asma.


Sem se deixar intimidar pelas condições da criança, os pais a receberam com muito amor em sua casa e logo começaram a cuidar dele da melhor maneira possível. Após um tempo, eles receberam a proposta de abrigar também o irmão de Keon, Shaun, que tinha quase 2 anos e meio.

No começo, o casal ficou um pouco relutante, pois ainda estava tentando se adaptar à rotina de apenas uma criança, mas acabou aceitando, porque sabia do histórico ruim do menino e que ele precisava de uma família saudável.

Direitos autorais: arquivo pessoal.

Com os dois filhos, o casal passou por uma série de desafios, como se adaptar à rotina envolvendo médicos e psicólogos. Seu vínculo com os irmãos foi crescendo, e eles decidiram que dariam entrada no processo de adoção de ambos.


Estava dando tudo certo, até que um parente das crianças também quis a guarda delas, afirmando que “dois homens não deveriam ser pais de dois meninos”. A juíza, no entanto, ficou ao lado de Josh e Kyle e, em maio de 2020, a adoção se tornou legal. Desde então, a vida da família tem sido de muito amor e progresso.

Josh diz que ele e o marido mal podem esperar para ver o que o futuro reserva para eles e que estão entusiasmados para oferecer aos filhos a oportunidade de atingir o seu máximo potencial. Apenas pelos rostos de Keon e Shaun é possível ver que eles são muito felizes com seus pais. Desejamos que sua alegria apenas se multiplique, pois eles merecem!

Camila Cabello exibe “corpo real” após críticas e diz: “Somos mulheres de verdade”

Artigo Anterior

Filha de doméstica, brasileira se forma nos EUA, vira dona de 4 empresas e ajuda jovens brasileiros!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.