3min. de leitura

Casar é uma questão de tempo…

Na mesa de bar rodeado de solteiros convictos, contando vantagem por suas conquistas da noite passada, logo viro motivo de chacota ao ser o único em um relacionamento sério. E pior, com data marcada para o casamento.


Enquanto eles riem, meu pensamento segue nela. O jeito de fechar os olhos enquanto sorri segue me encantando, é feito feitiço que se renova a cada dia.

Eles não entendem, ainda. E é melhor que seja assim: o amor chega para os desavisados. De mansinho. Como quem não quer nada. Com um jeitinho mineiro de ser. E quando eles se derem por conta, aconteceu.

Comigo não foi diferente. Num dia qualquer nossos caminhos se cruzaram e foi a melhor coisa que aconteceu na minha vida. Naquela noite eu conheci a mulher com quem eu quero passar o resto dos meus dias. Na saúde e na doença; na alegria e na tristeza.

Hoje minhas noites de sexta em frente à lareira assistindo seriado na Netflix superam baladas superlotadas. Acho que nem preciso comentar das manhãs preguiçosas de domingo com café da cama, não é?!


Não menosprezo a solteirice, é uma fase em que todos precisamos vivenciar, mais que isso: aproveitar. E quando maduros o suficiente para a chegada do amor, saber desfrutá-lo em sua plenitude. Pois nada se compara à sensação de amar e ser amado. Poucas coisas no mundo são mais reconfortantes do que reciprocidade.

“E precisa casar?” – Eles me perguntam. Precisa! É o processo natural de todo relacionamento.

Você conhece alguém e começa a flertar despretensiosamente; o lance é legal e continuam saindo; brota um ciúme de vez em quando, discussões sobre o que rola entre vocês e namorar passa a não ser uma má ideia; namoram, por um longo, longo tempo; surge a tradicional dúvida: casar ou comprar uma bicicleta?; ela diz “sim” para o pedido; e casam.

Um passo de cada vez e quando você percebe está no altar, ao lado da pessoa que ama. Oficializando o mais nobre dos sentimentos.


Meus amigos seguem estufando o peito para dizer que com eles será diferente. Eu apenas sorrio, com a certeza que cedo ou tarde a hora deles vai chegar. Como chega para todo mundo.

Se até George Clooney se rendeu aos encantos do amor e casou, imagine nós, meros mortais. É tudo questão de tempo, um pouco de sorte e deixar que o destino se encarregue do resto.

___________

Direitos autorais da imagem de capa: nd3000 / 123RF Imagens





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.