Cavalo vai ao funeral do seu melhor amigo humano e deita a cabeça no seu caixão. Emocionante!

Explicar o amor e lealdade dos animais por nós é muito difícil. Eles só têm pureza em seus corações e nos amam com todo o seu ser, certificando-se de que sempre estejamos felizes. Isso é mais do que muitas pessoas em nossas vidas fazem por nós!

Nós nos emocionamos tanto com histórias de animais porque percebemos que eles possuem atitudes que esperávamos de seres humanos, que deveriam ser mais empáticos, amorosos e cuidadosos com aqueles ao seu lado, mas nem sempre é assim que as coisas acontecem.

Esses animais podem ser os nossos maiores companheiros em vida, e quando partimos primeiro, eles sofrem nossa perda com muita intensidade!

Uma amizade com um animal é para sempre, um cavalo brasileiro demonstrou isso durante o velório de seu companheiro recentemente, na Paraíba.

Wagner Figueiredo de Lima, 34 anos, era o melhor amigo do cavalo Sereno. Eles eram insperáveis e juntos compartilharam muitos momentos especiais, mas infelizmente se separaram muito cedo, quando Wagner sofreu um acidente e não sobreviveu aos graves ferimentos.

A notícia foi um grande choque para a família e os amigos, que não esperavam se despedir tão cedo do homem. Nas preparações para a despedida de Wagner, Wando, seu irmão, não se esqueceu de que Sereno também deveria estar presente, porque todos sabiam da conexão entre os dois o do quanto se amavam.

Assim, a entrada do cavalo foi permitida no enterro de Wagner, e algo surpreendente aconteceu naquele dia!

Quando o carro que levava o corpo de Wagner chegou, Sereno se aproximou do caixão de seu amigo, realmente parecia que ele sabia o que estava acontecendo ali, parecia saber que seria sua última vez perto do amigo. Então, cheirou o caixão e começou a relinchar.

Depois, encostou a cabeça no caixão e se esfregou. Todos que estavam presentes entenderam o que aquilo queria dizer, Sereno tinha entendido que nunca mais poderia ver o seu grande amigo.

Foi um momento muito emocionante para todos que estavam presentes. No momento do enterro, o cavalo se juntou às pessoas na caminhada e ficou o tempo todo relinchando, provavelmente sentindo muita dor em seu coração.

Apesar de não estar preparado para a perda do amigo, Sereno não ficará desamparado, Wando o adotará com parte da sua família, e o cavalo continuará vivendo em meio a muito amor, carinho e proteção.

Que história! Os animais realmente são muito mais inteligentes e “humanos” do que podemos imaginar.

Realmente emocionante!

Você já vivenciou algo parecido? Comente abaixo e compartilhe a história com seus amigos!




Deixe seu comentário