ColunistasLei da AtraçãoRelacionamentos

A chave mágica para viver um relacionamento ideal: autoconhecimento!

autoconhecimento

Quando nos relacionamos com alguém são criados laços profundos no campo mental, espiritual, emocional e corporal.



É uma troca intensa de energia e quando está desequilibrada leva a infelicidade de alguma forma.

O início de um relacionamento é um momento muito importante de criação de vínculo, é quando começamos a nutrir os sentimentos, pensamentos e emoções em relação a pessoa e ao que estamos vivendo.

Como perceber e estar atenta a como estão sendo criados esses vínculos? Através do autoconhecimento, através do reconhecimento da sua Identidade Amorosa.


Identidade Amorosa é tudo o que já vivemos com o amor, tudo o que pensamos sobre o amor, tudo o que sentimos quando pensamos em amor, tudo o que tivemos contato sobre o amor na nossa infância e na nossa vida.

O autoconhecimento é essencial nessa fase porque o amor não é mágica como várias mulheres ainda acreditam, não é apenas olhando para uma pessoa que você vai saber que ela será seu parceiro ideal, atração é sim essencial, mas não é o único fator.

É preciso conhecer a pessoa, seus gostos, seus hábitos, sua missão de vida e principalmente seus valores.

Já atendi várias clientes que iniciaram um relacionamento e tempos depois descobriram que o sonho do cara era terminar a vida fazendo algo completamente diferente do que ela sonhava.


Várias coisas nós podemos sim abrir mão, mas se abrirmos mão dos nossos sonhos mais profundos e verdadeiros por alguém estamos nos condenando a infelicidade e não adianta depois culpar o parceiro se ele não corresponder as suas expectativas.

Precisamos conhecer muito bem nossos limites e necessidades para saber negociar com o outro.

Você conhece seus valores? Conhece bem suas necessidades primordiais e limites em um relacionamento? Sabe identificar bem sua Identidade Amorosa?

Comece esse exercício com essa reflexão e me conte! Vou adorar saber como está no seu processo.


Liberar o desejo como fonte de alegria…

Artigo Anterior

Eu me recuso a ser meu próprio inimigo!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.