Lei da Atração

Chi: liberando o potencial infinito do universo

plenitude 1

O poder do não-esforço



E se a gente não precisar se esforçar e lutar na vida, afinal? E se, apenas por deixar ir, poderíamos canalizar todo o poder do universo diretamene através do nosso ser? E se pudéssemos fazer isso simplesmente enfrentando e, em seguida, abandonando toda a intenção de fazer as coisas? E se a energia – o “Chi” – uma vez desencadeada realmente leve para uma completa satisfação e realização em todos os momentos.Como sua vida poderia mudar? …

Manifestando bolhas ilusórias

Parece que ainda estamos constantemente lendo em artigos espirituais sobre o poder da intenção: visualizar as coisas que queremos na vida e, em seguida, intencionalmente manifestá-las em realidade. Não tenho dúvidas de que isto sempre é possível. Eu passei por um curto período de exploração desse fenômeno, há um longo tempo na minha jornada.


Sim, eu realmente descobri que eu poderia manifestar um carro novo, ou um local mais desejável ou mesmo um espaço de estacionamento em frente a loja local. Mas algo não parecia certo. Muito rapidamente, dentro de um dia ou dois, surgiu a pergunta “bem, e se a minha intenção não é do interesse de TODA a vida?” “E se há um fluxo destinado de existência – uma realidade consensual maior – na qual agora estou interferindo?”

E então, finalmente percebi: “bem, quem está aqui a querer manifestar algo, em primeiro lugar?” O Observador que somos, É tudo, não lhe falta NADA e, portanto, aceita infinitamente e impressionantemente o fluxo natural da vida – algo que espontaneamente acontece e jorra quando ninguém ou nada se põe no seu caminho.

a

Poder infinito é a ausência total de energia


Aqui está um “segredo” poderoso que descobri:

Se você quer ter o maior impacto positivo na vida, você tem que se tornar ‘como nada’ nela. Isso não significa não fazer nada, isso significa trabalhar com quaisquer resistências ao drama externo que estejam surgindo, você tem que tocar o olho da tempestade. Então você se torna como um turbilhão crescente de energia, quebrando a desarmonia e restaurando níveis cada vez maiores de congruência.

O poder infinito do universo é chamado de “ki” (ou “Chi”, como os antigos chineses chamavam”). Curiosamente os antigos egípcios chamavam de “ik” – ou seja, a completa ausência de energia. Acho isso incrívelmente sincrônico e esclarecedor.Imagine o universo como um gigante “elástico” de consciência que foi ‘esticado’ no big bang. Agora lembre-se que para o universo ser mantido estável em sua organização, tem que haver dois fluxos opostos de energia: um para fora do centro e um de volta, assim como a ressaca em um lago.

É nossa convicção e foco da consciência – na mente – que nos mantém nos confins da lagoa universal. Porque nós estamos nos IDENTIFICANDO com a terceira onda dimensional na qual estamos inseridos. Mesmo quando diminuimos um pouco a resistência, deixamos entrar um pouco de ki e o usamos intencionalmente para manifestar algo, ainda estamos manifestando a terceira dimensão e, portanto, formando uma relação limitante para com esta densidade.


Mas, se nos desapegarmos completamente, então o que nós encontramos, é que nos alinhamos com TODA a energia organizadora fluindo de volta para o centro – a “fonte de toda vida”. Este é um poder organizador infinito. Este ki máximo (ausência total de energia) tem o poder de moldar a mais sutil sincronicidade para colocar a nós e outros no momento e lugar certos para descobrir exatamente o que precisamos. Ou, quando o sintonizamos plenamente, ele pode literalmente mover montanhas.

Observando as nossas motivações para a ação

Então, quando você está passando pelo seu dia, quais intenções estão ocorrendo em sua mente? Você pretende se levantar e tomar um banho? Você pretende fazer um café? Você pretende dirigir de um modo particular para o trabalho ou supermercado ou outro lugar qualquer? Se você observar a si mesmo de perto e com atenção, você vai ver (a menos que você já fez um grande trabalho interior), que nossas vidas são CONSTANTEMENTE poluídas por intenções automatizadas.

Estas intenções automatizadas, o que também podemos chamar de desejo e de programação condicionada, retarda o fluxo natural universal e a sua expressão ilimitada através de nós. Em outras palavras, o nosso destino e razão de ser é bloqueado.


Então, como podemos superar esse problema e liberar o poder organizador infinito do universo através do nosso ser?

b

Viva o “jeito aberto”

Simplificando, tudo o que temos a fazer é enfrentar o que nos liga aos confins da lagoa e deixar ir. E como fazemos isso? Bem aqui na Openhand temos uma abordagem que chamamos openway (jeito aberto).


Pode ser resumido simplesmente como isto …

Em primeiro lugar trata-se de abrir a mente o que significa não julgar situações como ‘boas’ ou ‘ruins’ e não se perder no drama externo da vida, mudando-se para o lugar do observador de nós mesmos. Ao fazer isso, nos tornamos capazes de sentir muito mais de toda a profundidade, beleza e magia divina da própria vida e por isso o “coração” começa a se abrir. É então que descobrimos a nós mesmos como “UMA VIDA” não limitada ou restrita pelo drama externo. Neste lugar de abertura, nos tornamos capazes de perceber a energia do momento verdadeiramente, e receber o fluxo natural do Universo como ele realmente é, compreendendo exatamente o que estamos sendo convidados a fazer. Por sempre vir desse lugar de abertura, podemos descansar tranqüilamente na “longa pausa” antes do momento nascer, se elevar acima dos comportamentos condicionados que nos fazem agir de uma forma pré-programada e dar-nos à expressão da nossa mais elevada verdade que define com mais precisão o nosso modo destinado de ser.

Descobri que quando vivemos assim, nós dissolvemos intenções lideradas pela mente e convocamos toda a força do universo através de nossas vidas. É como surfar uma onda gigante!

Alinhando-se com o nosso destino


E neste lugar, que necessidade temos nós de manifestação desejada? Estamos nos alinhando com o nosso destino, aquilo que serve a nós e TODA a vida completamente.Como poderia qualquer outra coisa, possivelmente superar isso?

Então por que não experimentá-lo? Abra sua mente, assista as intenções motivadas por sua mente, trabalhe para deixá-las ir mergulhando profundamente em seu coração, então sintonize a onda que realmente quer fluir através de você. Então, finalmente, tudo o que temos a fazer é libertar a magnificência do nosso ser, dando-nos completamente a nossa melhor auto-expressão.

É pura poesia. Que melhor maneira de viver a vida de alguém?

 


Fonte: waking times

5 lixos que você deve jogar para fora da sua vida:

Artigo Anterior

As doenças da emoção

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.