publicidade

Chocolate amargo é um grande aliado na prevenção da depressão, confirma pesquisa!

Uma pesquisa detalhada mostrou que o chocolate pode ajudar a manter a depressão longe de nossas vidas!



O chocolate é, sem dúvidas, um dos doces preferidos no mundo todo. Ele está presente em diversos momentos de nossas vidas: em celebrações de aniversário, Páscoa, datas comemorativas e até na forma de presente para as mais diversas ocasiões, por isso é comum que desperte o interesse de pesquisadores.

Um dos estudos mais recentes sobre o chocolate foi publicado em 2019, na revista Depression & Anxiety, desenvolvido pela University College London, no Reino Unido, com a participação de cientistas da University of Calgary e Alberta Health Services Canada.

O estudo teve como objetivo estudar a relação entre o chocolate e a depressão, e chegou a resultados surpreendentes, mostrando que seu consumo pode ajudar a reduzir os níveis da doença que afeta milhões de pessoas no mundo todo.


A depressão é tratada tradicionalmente com antidepressivos, os quais os autores do estudo disseram que costumam ser abandonados por cerca da metade das pessoas seis semanas após o início do tratamento.

Nesse cenário, uma das prioridades dos cientistas tem sido descobrir intervenções de estilo de vida e até mesmo dietéticas para melhorar os sintomas depressivos, e nesse grupo se enquadra o chocolate.

Os pesquisadores envolvidos nesse estudo quiseram analisar diversas variáveis, como peso, altura, estado civil, educação, etnia, renda, níveis de educação, tabagismo e condições de saúde, além de dois tipos diferentes de chocolate: amargo e ao leite, para obter os resultados mais precisos possíveis.

Para isso, coletaram dados do National Health and Nutrition Examination Survey, dos Estados Unidos. Foram 13.626 participantes, com 20 anos ou mais, sem baixo peso ou diabetes.


Os pesquisadores usaram o Questionário de Saúde do Paciente, uma ferramenta de diagnóstico-padrão para transtornos mentais, a fim de avaliar os sintomas depressivos. As informações sobre o consumo de chocolate vieram de dois recordatórios dietéticos de 24 horas. A equipe fez o primeiro numa entrevista presencial e a segunda, por telefone, de três a dez dias depois.

Informações encontradas

De todos os participantes, 1.332 afirmaram que comem chocolate e, destes, 148 relataram comer chocolate amargo. Depois de analisar todas as variáveis, os pesquisadores concluíram que, de modo geral, não houve associação entre o consumo de chocolate e a redução dos sintomas depressivos.

No entanto, o resultado foi bastante diferente quando analisaram apenas o chocolate amargo. Segundo os autores, os participantes que consumiam qualquer quantidade de chocolate escuro tiveram 70% menos chances de mostrar sintomas depressivos clinicamente relevantes do que aqueles que não o consumiam.

Também foi descoberto que os participantes com números mais elevados de consumo de chocolate de qualquer tipo eram menos propensos a relatar sintomas depressivos clinicamente relevantes do que aqueles que não consumiam chocolate.

Observações importantes

Apesar de parecer uma ótima notícia para os apaixonados por chocolate, os autores do estudo pedem calma, pois se trata de um estudo observacional, que não pode afirmar que o chocolate de fato alivia a depressão.

O que achou dos resultados?

Comente abaixo e compartilhe o texto com os amigos!

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.