Notícias

Chris Flores dá bronca em Matheus Baldi e relata situação parecida com Klara Castanho: “Traumático”

Foto: Reprodução
cris

Chris Flores aproveitou o ‘Fofocalizando’ da última segunda-feira (27) para emitir sua opinião sobre as polêmicas envolvendo Klara Castanho e repudiar a atitude de Matheus Baldi. Isso porque o colega de bancada foi o primeiro a publicar que a atriz havia engravidado e entregue o bebê à adoção, sem saber que a gestação era fruto de um estupro.

A jornalista deixou claro que não compactuou com a divulgação das informações sigilosas da artista e que o “Fofocalizando” não estava envolvido no ocorrido. Além disso, Chris relatou uma situação parecida à que Klara vivenciou no passado.

“Eu acho tudo muito lamentável e estou há dias sem dormir desde que isso estourou. Como eu disse aqui em outro programa, violência contra a mulher é tolerância zero. É o ápice, o auge dessa sociedade machista que a gente vive. Melhoramos? Mais ou menos. A gente consegue avançar, mas retrocede muito”, começou desabafando.

Ela completou, em menção às atitudes de Baldi: “Eu acho que sim, ele cometeu um erro. Independente da intenção dele, que ele já passou aqui, que foi a intenção de dar uma notícia, ele tinha as fontes dele, fez a apuração dele, acho que foi um erro no momento em que ele dá a notícia sem ter a certeza da gestação, para que a Klara e a assessora pudessem confirmar isso”.

Foi então que Chris Flores reuniu coragem para relatar um episódio em que teve seus dados médicos vazados à mídia sem consentimento. Na ocasião, a comunicadora estava devastada por ter acabado de perder um bebê.

“Além do meu filho Gabriel, eu tive uma segunda gestação que talvez as pessoas não saibam. Eu perdi esse bebê. Eu tinha que fazer um exame para saber como ele estava, porque o primeiro ultrassom deu alguma coisa errada”, narrou.

Em seguida, ela lamentou: “Quando fui ao laboratório, um profissional também passou [a informação] para uma pessoa. Ela me procura comemorando isso, mas eu já estava com o feto morto dentro do meu útero. Estava triste, de luto. Não queria que as pessoas soubessem disso”.

Apesar disso, Flores ressaltou que a dor de Klara Castanho seja completamente diferente diante do estupro. “Minha situação, de longe, não é nada do que ela vem passando. Era uma gestação consentida, com muito amor. E ainda assim foi traumático. Um trauma para mim até hoje”, concluiu.

Confira o vídeo completo, que viralizou nas redes sociais: