A ciência diz: tudo bem se você gastar todo seu dinheiro com viagens!



Talvez você já saiba disso há anos e ninguém acreditava em você, mas agora, finalmente a ciência concorda com você, apoia e afirma que está tudo bem se você gastar todo seu dinheiro em viagens.

Recentes pesquisas psicológicas da Universidade de Cornell, em Nova York, confirmaram que a chave para a felicidade é através de experiências e não de coisas.

O contato com pessoas e as experiências que temos nos trazem a felicidade genuína e não as coisas que compramos.

Diz o Dr Gilovich

Um estudo de 20 anos.

O estudo de duas décadas foi conduzido pelo Dr. Thomas Gilovich, que diz que uma das principais características da felicidade é a adaptação.

“Nós compramos coisas que pensamos nos fazer felizes, e nós até conseguimos porém só por um tempo. Novas coisas são emocionantes para nós no início mas depois nos adaptamos a elas”.

Basicamente, nos acostumamos com as coisas que possuímos, e ao longo do tempo a felicidade que achávamos que tínhamos vai diminuindo.

Por outro lado, a felicidade que decorre das coisas que fazemos, nossas experiências isso que realmente aumenta com o passar do tempo, porque essas experiências se tornam parte de nós e moldam nossa identidade.

É por isso que talvez você tenha algum aparelho eletrônico, caríssimo que você queria muito no natal passado. Ganhou porém deve estar parado lá num armário sem uso algum e juntando poeira, enquanto o seu passeio de apenas um fim de semana numa cidade de praia será lembrado e relembrado para sempre e com carinho.

Dr Gilovich sugere que, em vez de economizar para a TV de tela de plasma, um caminho muito mais saudável para a felicidade é gastar seu dinheiro em experiências como viagens, ou mesmo atividades ao ar livre, cursos para ter novas habilidades, ou dedicar-se a ajudar o próximo.



Desapego realmente ajuda a trazer felicidade

Segundo Sua santidade o Dalai Lama, o líder espiritual atemporal do Tibet,

“Coisas materiais podem te trazer alegria, porém felicidade vem de coisas que não compramos jamais.” Dalai Lama

“Você pode realmente gostar de suas coisas materiais. Você pode até pensar que parte de sua identidade está conectada a essas coisas, mas mesmo assim eles permanecem separados de você “, diz Gilovich. “Em contraste, suas experiências realmente são parte de você”.

Somos a soma total de nossas experiências.

Então você está esperando o que, se não tiver dinheiro agora, junte durante 1 ano e faça alguma viagem a algum lugar novo, coma comidas diferentes e conheça gente de costumes diferentes, e se você tem algum dinheirinho guardado no seu cofrinho escondido lá no fundo do armário, que tal usar ele agora?

Experiências trazem um nível de felicidade mais elevado do que compras no shopping.


FONTES de pesquisa: (psych.cornell.edu/2016/08/16/prof-thomas-gilovich-want-happiness-buy-experiences-not-things-says-a-cornell-psychologist) – Trabalho cientifico em inglês – en.wikipedia.org/wiki/Thomas_Gilovich

________________

Direitos autorais da imagem de capa: soloway / 123RF Imagens






Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.