ColunistasEspiritualidadeVida

Cinco práticas espirituais para ajudá-lo a concluir um projeto de transformação pessoal

CINCO PRÁTICAS FOTO DE CAPA

O início de algo novo oferece uma corrida para os nossos cérebros e nós nos sentimos energizados. Compramos um novo livro com grandes esperanças de lê-lo todos os dias, mas não vamos além do primeiro capítulo. Inscrevemo-nos para um curso, mas não participamos. Fazemos planos para iniciar uma nova dieta, mas nunca vamos além da primeira etapa. Matriculamo-nos em uma academia, mas nunca vamos. A verdade da questão é que nós raramente terminamos aquilo que começamos.



Dizemos a nós mesmos histórias sobre por que somos incapazes de realizar um programa de desenvolvimento pessoal ou uma dieta alimentar: Não temos tempo suficiente; falta a energia física para fazermos o que é necessário; temos muitos outros compromissos; estamos sobrecarregados pelo dilúvio de e-mails, textos e mensagens de mídia social.

Ainda assim, todos nós sabemos sobre os indivíduos que têm um compromisso intenso para o que eles estão fazendo e parecem ser capazes de sustentar essa firmeza, mesmo em face de contratempos inacreditáveis. Como eles fazem isso?

cinco-foto-de-capa-e-foto-01


Todas as grandes pessoas do mundo, o que quer que tenha sido a sua missão na vida, mostraram sua grandeza por esta única qualidade: Persistência.

Tais personalidades abençoadas, mostrando a força de Deus, foram chamadas de “os salvadores da humanidade”.

Práticas que podem ajudar na conclusão dos projetos

Defina uma intenção: Não importa o tamanho ou importância do seu projeto. Transforme-o em uma intenção espiritual.


  • Para um novo programa de dieta ou exercício, sua intenção pode ser a de “honrar meu corpo como um templo de Deus.”
  • A sua intenção para um novo projeto de escrita pode ser “para expressar a minha criatividade dada por Deus.”
  • Sua intenção de aderir a um novo estudo ou curso pode ser “fazer a minha parte para ajudar a consertar o mundo”.

Não ouça as suas histórias: Muitas vezes apresentamos a tendência de sabotar novos projetos, lembrando que não conseguimos isso antes. Isto é, dando prioridade ao passado sobre o presente. A verdade é que você não sabe o que vai acontecer desta vez. Quando você começar a se perguntar se e quando vai terminar, repita este slogan: “Ontem é história, amanhã é um mistério, e hoje é um presente.”

Não se sinta ansioso sobre os resultados: Expectativas sobre o resultado de nosso projeto pode nos impedir de terminá-lo. Talvez já tenhamos tentado isso no passado e nos decepcionado com o resultado. Agora descobrimos que não estamos tão motivados como costumávamos ser. Deixe de lado suas ideias sobre o que pode acontecer e siga em frente. Apenas faça o seu melhor.

cinco-foto-02


Divida seu projeto em pequenos passos: A melhor estratégia para superar a tendência de procrastinar é trabalhar em seu projeto por dez minutos e, em seguida, decidir se quer ou não continuar. Isso é bom para qualquer projeto, na verdade. Como o professor hindu Sri Sri Ravi Shankar nos lembra: “Embora o rio seja muito grande, poucos goles são suficientes para saciar a sua sede”.

Dedique o seu trabalho para o bem Comum: Direcione a sua dedicação para um contexto maior. O Professor budista Kyabje Kalu Rinpoche explica: “A dedicação amplia os benefícios das ações positivas e impede que elas sejam perdidas.” Ao concluir o trabalho em seu projeto a cada dia, reconheça o que você tem feito e adicione o desejo de que isso contribua para a felicidade de todos os seres, para a saúde de sua comunidade, o bem-estar da Terra, e outros desejos admiráveis. Sinta em seu coração que o término desse projeto é importante e benéfico não só para você, mas para muitos.

Bonita, bem de vida, independente e encalhada!

Artigo Anterior

Elimine seus pensamentos negativos!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.