EnergiasLei da AtraçãoVida

Co-criação – como utilizá-la? – dica importante 1

criando
Como as co-criações são uma lei universal, elas estão sempre ativas e disponíveis e todos a utilizamos o tempo todo, desde o nascimento até a morte. Não só os seres humanos a utilizam, como também os animais, plantas e micróbios. Não temos consciência de que a utilizamos pois a utilizamos automaticamente, sem saber. São as “coincidências” que nos ocorrem.
Co-criar é muito simples e fácil, mas é necessário muito treino para co-criar conscientemente (propositadamente).
DICA IMPORTANTE – 01
Para você treinar, inicie com algo extremamente simples, que você saiba que é facílimo de se obter, mas que não seja algo 100% garantido de se obter, senão você vai ficar com a sensação de que você obteria independentemente de co-criar ou não. Depois de você obter algumas coisas simples, vá passando para algo maior. É importantíssimo você acreditar que é mesmo possível você obter o que você quer, caso contrário não dá resultados. E não desista se inicialmente você não obtiver sucesso. 
A primeira coisa a fazer é escolher um desejo que você queira que seja realizado. Pode ser qualquer coisa que você deseje ser ou ter ou fazer. Embora não seja obrigatório, é importantíssimo pensar bem no que se quer. 
Faça as seguintes perguntas a você mesmo(a): 

– O que eu realmente quero ?
– Porque eu quero isto ?
– Faz sentido desejar isto ?
– A realização do meu desejo vai me beneficiar sem prejudicar ninguém ?
– Será que não desejo isto apenas por capricho (desejo vazio) ou obsessão ? – Meu coração fica alegre quando penso no meu desejo realizado ? 

– Será que preciso mesmo disto ? 

Vá direto ao assunto. Escolha o que você realmente quer. Se você quer um carro, desejes o carro e não o dinheiro para comprá-lo, mas se você quer mais liberdade financeira, aí sim deseje ter mais dinheiro. Seja preciso(o) e exato(a). 
As perguntas acima servem para eliminar desejos idiotas, vazios e sem sentido. Assim você não desperdiça o seu tempo obtendo lixo (inutilidades). Um exemplo são coisas que se obtém e jamais se usa. Então para que ter ? Outro exemplo é desejar ser alguém que não tem nada a ver contigo, só para ser aceito(a) ou admirado(a) pelos outros, e neste caso você acaba por se sentir mal por estar sendo alguém que não é você.

Depois de escolhido o desejo, basta seguir os seguintes passos:
1º passo: Iniciar a Co-criação (é sua função)page8image20936
2º passo: Realizar (é função do Universo / Deus / Eu Superior)
3º passo: Receber (é sua função também)

1º passo:  INICIAR A CO-CRIAÇÃO
Iniciar a co-criação é algo fácil e divertido. Há várias formas de iniciar a sua co-criação:
  1. 1)  Relaxar, fechar os olhos e visualizar (imaginar, mentalizar) o seu desejo já realizado. O cérebro não diferencia uma experiência real de uma experiência imaginada em detalhes. Albert Einstein disse: “Imaginação é tudo. É uma amostra do que está sendo atraído para a sua vida”.
  2. 2)  Escrever o desejo em um papel e lê-lo de vez em quando. Pode-se adicionar novos detalhes que enriqueçam cada vez mais o desejo, de forma a torná-lo cada vez mais próximo daquilo que você realmente quer. Utilizes frases que indiquem que o que você deseja já se realizou, que é real aqui e agora. Se você puder ler em voz alta, melhor ainda, pois a sua própria voz é muito bem recebida por você mesmo(a) e além disto, você torna o que você diz mais real, mais físico, mais palpável quando você diz em voz alta.
  3. 3)  Ter um quadro de cortiça com figuras (de revistas ou impressas da internet) que representem o seu desejo já realizado. Isto ajuda bastante para quem tem dificuldades em visualizar.

Pontos fundamentais do 1º passo: Foco, atenção, vontade, concentração, realmente acreditar. 

 (c0ntinua…)

Autor: Lucy Sem Fronteiras – Artigo original do Blog Amor e Paz Sem Fronteiras

0 %