Lei da Atração

Co-criação – como utilizá-la? – dicas importantes 4 e 5

cocriado

DICA IMPORTANTE 05



Nunca comente com ninguém sobre a sua co-criação. O motivo disto é que a pessoa com quem você falasse ficaria atenta para ver se a sua co-criação se realiza e vai, de vez em quando perguntar: “E então, você já conseguiu o que você queria ?”. Suponhamos que a pessoa pergunte e a co-criação ainda não tenha se realizado. Neste caso vais dizer “não” e a pessoa vai dizer a você: “Isto não funciona.” ou “Acho que você não vai conseguir” ou qualquer outra frase negativa. Além disto, você vai se sentir pressionado(a) para provar que você consegue. E mesmo que você receba o que você pediu, as pessoas vão dizer que foi coincidência. Todas estas coisas boicotam (sabotam) a sua co-criação.

Pontos fundamentais do 1º passo: Foco, atenção, vontade, concentração, realmente acreditar.



2º Passo :  REALIZAR

Este passo é a realização efetiva no campo de energia universal. Neste momento, aquilo que você co-criou, já existe em um nível não físico. É como o projeto de uma casa feito em papel. O projeto já está terminado e à partir de agora ele será colocado em prática no plano físico.

Quando você dá início a uma co-criação, o que ocorre é que o Universo, juntamente com o seu Eu Superior (sua alma), iniciam a definição das circunstâncias e dos eventos para a sua realização. De qualquer forma, aquilo que você está co-criando é primeiramente criado em um nível invisível.

A vantagem de levar um tempo para a sua concretização é que, você tem tempo para alterar, adaptar ou cancelar o seu desejo, caso você queira (decida).


Mas de qualquer forma, este passo não tem nada a ver com você, portanto você não pode ajudar. Então qualquer tentativa sua de ajudar só vai atrapalhar ou restringir ou dificultar ou anular a sua co-criação. Mas cuidado. Não é a sua função realizar, mas isto não significa que você tenha que te esforçar para não fazer nada. Cuidado com as interpretações erradas. Por exemplo, suponhamos que o seu desejo seja ter um novo relacionamento.

Se você ficar o tempo todo fugindo das candidatas(os) por pensar que não é sua função iniciar o relacionamento, você estará bloqueando todos os possíveis relacionamentos perfeitos. Se o seu desejo for ganhar um prémio na Loteria e você não jogar, é óbvio que você não vai ganhar.

Você tem que fazer a sua parte. A sua parte restringe-se apenas aos requisitos mínimos necessários. É não tentar ajudar, mas também não bloquear o que estiver fluindo para você. Um bom exemplo disto é uma pessoa que não sabe cozinhar, mas quer comer uma comidinha muito boa. Neste caso pede a alguém para preparar a comida. Este pedido é o requisito mínimo necessário.

E como a pessoa que pediu não sabe cozinhar, se tentar ajudar só vai atrapalhar.


Quando se tenta ajudar o Universo (Deus/Eu Superior) a realizar o seu desejo, geralmente o que se acaba fazendo é restringir as possibilidades. Portanto simplesmente confie.

É uma questão de entrega e confiança. O Universo (Deus) é infinitamente poderoso e criativo. Para Ele/Ela, nada é impossível. O Universo nunca falha. Ele sempre cumpre a parte dele. Se alguma coisa der errado, a falha é sempre sua e não do Universo. Além disto, todos os desejos são realizados com esforço zero. Para Deus não há diferença nenhuma entre mover um grão de pó ou mover uma montanha.
No livro “A força da Intenção” (Wayne Dyer), diz-se: “Na intenção, o espírito trabalhará para você”

Pontos fundamentais do 2º passo: Acreditar, confiar e entregar.



3º Passo: RECEBER

Este é um passo tão importante como o de iniciar a co-criação. Receber significa ficar em modo receptivo. Modo receptivo não significa estar em modo de ansiedade (tensão) e nem em modo de cobrança. Não é ficar constantemente verificando se você já está recebendo ou não. Ansiedade ou cobrança só servem para bloquear ou anular a sua co-criação. A cada vez que você se foca em “Ainda não recebi o que eu co-criei”, o que você está fazendo é anular a sua co-criação. Não se esqueça que você cria aquilo em que você coloca a sua atenção. Se você coloca a sua atenção em “Que merda, porque ainda não recebi ?”, a mensagem que você está enviando ao Universo é “Meu novo pedido é: não receber, pois é nisto que eu tenho a minha atenção”, e como é óbvio, é isto que você esta co-criando e é isto que você vai receber, isto é, você vai receber um “não receber”… O segredo é iniciar a co-criação, acreditar, confiar e estar em modo receptivo, isto é, em modo passivo, aberta a todas as possibilidades que possam surgir, sem ansiedade nenhuma, mesmo que tudo indique que você não vai conseguir o que você quer. Mantenha o foco direcionado ao seu desejo, incondicionalmente, mas sem gerar tensão ou ansiedade. Seja como um rio que flui ininterruptamente e que desgasta as rochas por onde passa. Mesmo sendo a água tão mole e a rocha tão dura, a água nunca desiste e portanto consegue moldar a rocha ao seu fluxo.

Mas “não desistir” não tem nada a ver com obsessão. É apenas manter o foco e consequentemente continuar confirmando que você continua esperando receber.


No livro “A força da Intenção” (Wayne Dyer), diz-se: “Tudo o que vocês pedirem em oração, acreditem que já o receberam e assim será”.

Há um detalhe IMPORTANTÍSSIMO que você tem que ter em mente: tanto no momento em que você inicia a co-criação, quanto no momento em que você está receptivo(a), o seu foco deve estar sempre em: “Meu desejo já se realizou”. Nunca pense “eu quero isto”. A sua atenção (foco), seus pensamentos, suas visualizações, devem estar sempre em: “Eu já tenho isto aqui e agora”. Portanto você tem que imaginar e sentir como se você já tivesse mesmo o que você deseja. Imagine e sinta que você já o tem aqui e agora. Sentir é fundamental.

Pode ser que no início você tenha dificuldades com:- Imaginar ou visualizar
– Manter o foco por algum tempo


– Sentir o desejo realizado. Este “sentir” é uma emoção, é uma satisfação, é um bem estar. Se você tiver dificuldades no início, isto é normal. É por isto que é necessário treino.


DICA IMPORTANTE 06

À partir do momento que você passar pelo 1o passo (iniciar a co-criação), você passa imediatamente para o 3o passo (receber). O tempo de duração do 2o passo é zero. Deus cria tudo instantaneamente, portanto não precisa de tempo. O 2o passo só foi descrito para você entender como funciona, mas você pode ignorá-lo, pois não é a sua função pensar nele. Co-crie e já fique em modo receptivo.


Pontos fundamentais do 3º passo: Estar em modo receptivo, deixar fluir, acreditar, confiar, permitir

Resumo dos 3 passos: Co-crie; Confie ; Permaneça Receptivo(a).
Autor: Lucy Sem Fronteiras – Artigo original do Blog Amor e Paz Sem Fronteiras


Co-criação – como utilizá-la? – dicas importantes 2, 3 e 4

Artigo Anterior

Por isso, observe a mente… E todas as peças que ela prega em você!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.