Relacionamentos

Com apoio do namorado, jovem começou a trabalhar em site adulto e já ganhou mais de R$ 13 milhões

Esse casal tem polemizado por sua decisão, mas ambos os parceiros parecem estar muito felizes e bem resolvidos.



Para muitos homens em relacionamentos românticos, a possibilidade de imaginar suas parceiras sendo vistas e desejadas por outras pessoas pode parecer algo absurdo, mas para um jovem da Inglaterra, o ciúme não foi mais importante do que ajudar a amada a melhorar suas condições financeiras.

Conforme contado pelo Insider, Mia Karina, uma jovem de 20 anos, começou a trabalhar na plataforma adulta OnlyFans no fim de 2019, e teve total apoio do namorado Marc Howard, de 24.

Mia, que é de origem chilena, mudou-se para Malta para trabalhar em um hotel, e tinha um salário de £ 1.300 (equivalentes aos atuais R$ 9.451). Lá ela conheceu Marc, que depois de um tempo de namoro deu a ideia de entrar no aplicativo como uma forma de ganhar mais dinheiro.


Apesar do incentivo do namorado, a decisão final foi de Mia, e ela contou que no começo não incluía o seu rosto nas imagens. Nos primeiros meses, a renda mensal da jovem ficava entre £ 2.200 e £ 2.900, ou de R$ 15.900 a R$ 21 mil, em valores atuais.

Direitos autorais: reprodução Instagram.

No entanto, depois de um convite para se juntar a um grupo com outras modelos, a iniciativa começou a render de verdade, especialmente no período de lockdown. Atualmente, Mia ganha mensalmente o equivalente a mais de R$ 1 milhão. No total, até julho deste ano, a jovem já havia faturado mais de R$ 13 milhões com o trabalho.

Para ela, uma das melhores coisas de sua nova ocupação é ser a sua própria chefe e ter a liberdade de trabalhar em qualquer lugar, a qualquer horário. Marc, que tem um mestrado em Desenvolvimento Internacional, trabalha integralmente para apoiar a namorada no negócio.


Ele conta que no começo tinha ciúmes, preocupava-se com o que as pessoas pensariam, e não queria ser visto como vilão da história, mas que agora vê que o trabalho de Mia tornou a sua relação mais forte. O jovem também contou que a namorada trabalha de 12 a 15 horas por dia para gerenciar a página e manter os fãs, e que ela é muito ética.

Mia tem usado os seus ganhos para abrir uma empresa imobiliária e investir em criptografia, sociedades anônimas, Bitcoin e no mercado de ações, com ajuda de um consultor financeiro.

Seu plano é ter uma renda passiva suficiente para deixar de trabalhar no site adulto e se concentrar mais em suas propriedades. Já Marc deseja criar uma instituição de caridade humanitária internacional especializada na América do Sul.


Apenas as pessoas com a percepção desenvolvida conseguem achar o número intruso nessa sequência!

Artigo Anterior

Há 44 anos, ela adotou um bebê abandonado na frente de sua casa. Acolheu-o como um filho!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.