Notícias

Mesmo com Instituto fechado, Neymar sustenta 142 famílias e mantém emprego durante pandemia

Fechado há um ano, o Instituto Neymar Jr mantido pela família do jogador não pode funcionar devido à covid-19, porém, os 142 funcionários continuam recebendo.



De acordo com informações do UOL Esporte, o Instituto quer manter a promessa de manter a estrutura até o fim da pandemia. Mais de 600 mil reais mensais são gastos com as despesas.

A pandemia fez o mundo adotar medidas drásticas para conter o avanço do vírus, mas mesmo assim a situação está bem complicada, e no Brasil não está sendo diferente. Com muitos locais proibidos de funcionar, a taxa de desemprego está muito alta, pois os estabelecimentos não estão conseguindo manter os funcionários.

O Instituto Neymar Jr atendia cerca de 3 mil crianças e adolescentes carentes em Praia Grande. Desde março de 2020 que está de portas fechadas. O pai do jogador fez questão de enviar um vídeo a todos os empregados e colaboradores, para que não se preocupassem, pois o salário continuaria para todos. Eles seguem recebendo e tendo acesso a plano de saúde.


Direitos autorais: Instituto Neymar Jr.

Os valores estão saindo da conta do próprio jogador e de sua família, porque as empresas apoiadoras do instituto também estão enfrentando dificuldade nesse período.

Os funcionários assim que a pandemia foi se estendendo, ficaram com medo de perderem seus empregos. Quando o anúncio de que continuariam recebendo integralmente foi feito pelo pai de Neymar, se surpreenderam, mas puderam respirar mais aliviados.

O professor de judô Gilberto e a esposa trabalham no instituto e o medo era em dobro, porque se um deles fosse demitido, com certeza o outro também seria. A renda dos dois depende 100% de lá. Gilberto conta que nesse momento de tantas incertezas, dúvidas, questionamentos e preocupações ver o quanto Neymar e a família estão empenhados em continuar ajudando os funcionários, foi visto como um grande ato de bondade.


A mensagem do pai de Neymar é que o emprego de todos estarão garantidos enquanto durar a pandemia, independentemente dos prazos. O Estado de São Paulo ainda está na fase vermelha, então não há data para reabertura do local.

Por envolver diversas atividades esportivas e acompanhamento próximo entre alunos e professores, ainda não é seguro retornar, mesmo com todas as medidas, segundo o UOL. Qual a sua opinião sobre a postura do craque e de sua família? Comente abaixo e compartilhe em suas redes sociais!

“Sempre fizemos tudo certo”: filho perde pai e mãe para a covid-19 em intervalo de 30 minutos

Artigo Anterior

Em ultrassom, bebê aparece fazendo “V de vitória”, e pai com câncer raro interpreta sinal divino

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.