Comportamento

Com mais de 50 anos, Ana Paula Padrão diz: “Não dou a mínima pro que pensam de mim”

Nas redes sociais, a apresentadora Ana Paula Padrão defende que as mulheres têm o direito de fazer e vestir o que quiserem, independentemente da idade.



A idade é uma questão que atormenta muitas mulheres, principalmente quando passam dos 30 anos. É como se, a partir desse momento, a sociedade dissesse que elas envelheceram, e inicia-se uma corrida contra o relógio, em que os procedimentos estéticos invasivos e a condição do corpo feminino como algo público se tornam constantes.

Tudo o que a mulher faz, a forma como se veste, como se comporta, o comprimento e a cor dos cabelos, o jeito como fala, o que fala, se é casada e tem filhos, absolutamente tudo passa a ser controlado por terceiros.

Com a popularização das redes sociais, mulheres do mundo todo conseguem se conectar, e um movimento de forte contestação dos padrões atuais vem se erguendo.


A apresentadora e jornalista Ana Paula Padrão questionou exatamente isso em seu perfil pessoal do Instagram, no fim de agosto. Prestes a completar 56 anos, ela escreveu um longo texto onde renega todas as exigências impostas ao corpo feminino que ultrapassou os 50 anos.

Com quase 50 mil curtidas e muitos comentários, as mulheres, em sua maioria, apoiaram e reforçaram suas palavras, demonstrando a mesma insatisfação. Ela explica que não tem mais idade para fazer o que não quer, para tolerar desrespeito e violência ou para ouvir “sermão” de quem não conhece nem um pouco da sua vida. A apresentadora explica que, depois dos 50 anos, ela quer apenas vestir as roupas com as quais se sente confortável e usar o cabelo no comprimento que for do seu agrado.

Direitos autorais: reprodução Instagram/@anapaulapadraooficial.

Ana Paula explica que a melhor coisa que descobriu com sua idade, mas que todas as mulheres podem exercitar em variadas épocas da vida, é que não precisa criar nenhuma expectativa de que as pessoas vão gostar dela, e que isso lhe traz profunda liberdade. Por fim, disse que não guarda ressentimentos nem fica irritada, apenas “dá de ombros” e segue sua vida normalmente, porque já não tem mais idade para perder tempo não sendo ela mesma.


Direitos autorais: reprodução Instagram/@anapaulapadraooficial

Direitos autorais: reprodução Instagram/@anapaulapadraooficial

Em outra publicação, no dia seguinte, a jornalista fez um vídeo bem-humorado, usando as principais exigências no vestuário que as pessoas impõem para mulheres acima dos 50 anos, e fazendo exatamente o contrário.

Decotes, shorts, braços de fora, jardineira, vestidos justos e cores fortes, nada disso ficou de fora do reels da apresentadora. Com suas publicações, Ana Paula questionou as imposições que as mulheres sofrem, e explica como isso faz com que elas deixem de expressar suas personalidades, deixem de se vestir da forma como querem, apenas para seguir normas de conduta que ninguém sabe ao certo quem inventou.


Direitos autorais: reprodução Instagram/@anapaulapadraooficial.

Com maquiagem ou sem maquiagem, com roupas longas ou curtas, a apresentadora reivindica a liberdade dos corpos femininos, para que cada indivíduo possa viver da forma como achar melhor, sem que suas escolhas afetem a forma como é tratado.

Andressa Urach revela que gostaria de chamar o filho de Bolsonaro

Artigo Anterior

Mãe revela que namora o melhor amigo do filho, 17 anos mais novo, e recebe críticas: “Isso é certo?”

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.