NoPlanetaPessoas inspiradoras

Com método de treinamento inovador, homem se torna o encantador de leões

Parece tarefa impossível, mas Kevin Richardson é um autodidata – The Lion Whisperer (‘O Encantador de Leões’), como é conhecido, aprendeu a lidar com predadores sozinho. Segundo consta, desde os 3 anos de idade, ele já sentia essa atração por animais selvagens. O zoologista evitou métodos tradicionais para treinar os animais, como jaulas e correntes, e usou outras armas: o amor, a compreensão e a confiança.



Com seu método inovador de treinamento, ele criou laços inacreditáveis com os felinos gigantes. É impossível não enxergar a relação próxima entre Richardson e os leões. Mas a paixão começou com outros animais e ainda hoje,  além de “dormir com leões”, ele “abraça hienas acabadas de nascer e nada com leoas”. A confiança deste encantador é suficiente para poder olhar nos olhos destes animais carnívoros, agachar-se ao nível deles e, por fim, deitar-se com eles. Segundo Kevin, ele nunca foi atacado ou machucado pelos bichos.

Richardson explica que conhece bem os perigos do que faz e que não pretende tratar os animais como se fossem pessoas. Sabe que são criaturas com personalidades próprias, mas a proximidade que tem com eles é maior do que o medo.  Segundo Kevin, ele aprende a decifrar os sentimentos e a personalidade dos animais, conseguindo prever quando eles estão felizes, tristes, ou nervosos.

Veja algumas fotos desse encantador de leões em ação:


 

LionWhisperer1

LionWhisperer2

LionWhisperer3


LionWhisperer4

LionWhisperer5

LionWhisperer6

LionWhisperer7


LionWhisperer8

LionWhisperer9

LionWhisperer10

LionWhisperer11


 

 


 

Ficou com vontade de fazer o mesmo? Não é muito recomendável que o tente, por isso Richardson convida todo mundo a visitar e ajudar no seu Kingdom, na África do Sul, num programa de voluntariado certamente enriquecedor. Fique atento à página de The Lion Whisperer.


Veja algumas das melhores fotos do concurso da national geographic

Artigo Anterior

Experimente se conhecer!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.