Pessoas inspiradoras

Momento de empatia: Comissária acalmou criança que chorava em voo de Brasília para Cuiabá

aeromoca acalma bebe

A comissária embalou o bebê em seus braços e tentou acalmá-lo, já que viagens de avião podem ser estressantes para os pequenos.

Um vídeo publicado nas redes sociais mostrou o momento em que uma comissária de bordo teve uma atitude inesperada, mas muito empática. Além de ajudar os passageiros ao longo da viagem, esta comissária acalmou um garotinho que chorava durante o trajeto de Brasília a Cuiabá.

Não é incomum ver bebês chorando nas aeronaves, afinal, a experiência nova de voar de avião pode ser estressante para os pequenos. Mas enquanto alguns se incomodam com as crianças chorando no avião, a aeromoça preferiu ser compreensiva e acolheu o pequeno.

De acordo com informações do jornal O Povo, o ato ocorreu em uma quinta-feira, dia 25 de fevereiro de 2022, repercutiu nas redes sociais. No vídeo, é possível ver o menininho sendo embalado pela aeromoça, que tenta acalmá-lo.

A publicação conta que o bebê estava viajando com seu pai e chorava muito. A comissária de bordo, identificada apenas como Edwina, já havia tentado entreter o pequeno antes, levando adesivos e alguns copos para que pudesse brincar, mas o menino não parava de chorar. Depois que suas tentativas falharam, ela tomou a iniciativa de pegá-lo no colo. Você pode conferir a imagem no vídeo abaixo.

Raphael Aquiles, a pessoa que filmou a cena, disse que ficou impressionado com a atitude da mulher, que seguiu por um bom tempo de pé no avião, balançando o menino até acalmá-lo e fazê-lo adormecer. Raphael declarou que ficou encantado com a atitude de Edwina, que além de ter esbanjado profissionalismo e jogo de cintura, demonstrou amor, carinho e empatia diante da situação.

O pai da criança, Andrei Divino Sodré, contou ao portal A Gazeta que ficou surpreso com a atenção que foi dada ao pequeno. O passageiro afirmou que a atitude de Edwina foi muito necessária, pois o resto dos presentes na aeronave já estava começando a se sentir aflitos com o sofrimento da criança e seu choro.

Andrei, que mora em Goianésia, Goiás, ia para Cuiabá com a família comemorar o aniversário da avó. Ele estava com a esposa Laís, e a sua filha Lívia, de seis anos, além do pequeno Andrei Filho. Era a primeira vez que a família estava viajando de avião, o que pode ter sido o motivo da chateação do pequeno.

A atitude de Edwina, segundo Andrei, encheu o coração da família e foi vista como um exemplo de esperança.

O pai declarou que a popularidade do vídeo – que rapidamente viralizou após a postagem de Aquilles, com mais de 100 mil curtidas – se deu pelas dificuldades que estamos enfrentando no mundo hoje. Ele crê que as imagens de Edwina com seu filho podem dar esperança para muitas pessoas, provando que ainda existe afeto e carinho no mundo.

O tremendo sucesso do vídeo atraiu vários internautas para conhecer a história, vários deles elogiando a ação de Edwina e sua empatia com o pequeno. Uma pessoa comentou que Edwina certamente tinha “um coração de mãe, que sabe que muitas vezes o que a criança precisa para acalmar é colo”.

Outra seguidora escreveu que Edwina demonstrou amor a sua profissão e ao próximo no vídeo e parabenizou a conduta da comissária das Linhas Aéreas Azul.

A companhia aérea também compartilhou o vídeo em seu perfil e elogiou a atitude de sua funcionária. Na legenda da postagem, a linha aérea comenta que Aquilles fez o registro de um “lindo momento” em um dos voos da Azul.
“Ao ver que o Andrei chorava, a nossa comissária Edwina pegou o pequeno passageiro no colo e o acalmou até que ele dormisse, em seu primeiro voo.”, contou a empresa em sua publicação.

0 %