Como a gente encurta essa distância toda?

É claro que eu queria tudo isso diferente.



Queria você mais perto, queria sentir mais o cheiro da sua pele, queria tudo isso e muito mais, mas hoje não posso ter.

Hoje eu só tenho você e está tudo bem. É bom ter você ainda que eu não possa ver sempre.

Encurtamos os quilômetros de distância aproximando os nossos corações.

Leio suas palavras atravessando meus olhos e morando no meu peito. Ouço a sua voz de olhos fechados para salvar o som delas e poder ouvir sempre que eu quiser. Eu mentiria se dissesse que é fácil lidar, mas eu nunca pensei que gostar de alguém fosse algo para chamar de fácil.


Nós encontramos um jeito, um jeitinho nosso de ficar pertinho. Só que existem dias em que realmente isso é complicado, afinal a linha telefônica não ocupa a mesma função de um abraço quando o meu dia não é bom. E da mesma dor eu sofro quando sinto que você não está bem. Nesses dias, é bem difícil. O que me tranquiliza é o que sentimos e como conseguimos alimentar esse sentimento todo um pouco mais a cada dia. A ligação difícil de hoje vai ser a mais gostosa amanhã.

A minha cabeça dá um nó quando nos vemos, parece que consigo congelar a parte ruim da minha vida e só focar em você. Essa distância me ensinou a valorizar o que merecemos viver pelo tanto que nós cuidamos um do outro. Eu não tenho tempo para momentos ruins quando estamos juntos, até me esqueço de lhe explicar por que a semana não foi boa. Eu só quero ficar perto de você fazendo qualquer coisa.

Quando nos vemos, eu só quero ficar vendo você.

Há quem diga que essa nossa dificuldade é algo que pode fragilizar nossa história. Já ouvi histórias de quem viveu algo parecido e até me sensibilizei e parei para pensar um pouco. Bem pouco, porque eu não dou muito ouvidos para pessoas que opinam sobre a minha vida, pior ainda quando essas pessoas carregam um pessimismo devastador. Pior ainda – porque sempre pode piorar – é quando essas pessoas usam da própria experiência para prejudicar e influenciar outras. Eu não ouço o que dizem de nós porque ouço o meu coração.


Nós nunca dissemos que seria fácil, sempre foi claro em nossa cabeça o quanto tudo depende de nós mesmos. E acho que esse é o segredo: só depende de nós e do quanto gostamos de nos gostar. Se amanhã não nos falarmos mais, vou levar para sempre a coleção de sorrisos que dei nas vezes em que nos falamos.

A distância, embora dolorosa, não deveria ser encarada como um problema, há muita coisa além da vontade de nos vermos sempre. Existem pessoas que se veem todo dia e se machucam mais do que a distância está nos machucando. Acredito que a falta da presença física – porque sempre estamos presentes em alma e coração – que sentimos seja algo que só tempera o que vivemos.

E vai que tudo muda um dia? Vai que por algum motivo fiquemos perto um do outro? Vai que…?

Nós encurtamos essa distância toda fazendo uma só coisa: cuidando um do outro, semeando boas palavras nas horas do dia e colhendo os melhores momentos quando nos encontramos.

Longe da visão, mas dentro do coração.

 

Direitos autorais da imagem de capa: Jonathan Borba/Unsplash.

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.