Como alcançar uma vida plena?



A forma como encaramos a vida é que faz dela uma vida plena!

Hoje estamos constantemente nos sentindo pressionados para sermos felizes, para termos sucesso, etc. Por essa razão, podemos estar confundindo o que realmente é uma vida plena, uma vida saudável. Principalmente se nossa autoestima estiver fragilizada, se estivermos dando mais importância para o que os outros dizem, para o que estão falando da gente.

O mais importante é a gente manter vários ângulos de visão durante todo o trajeto de nossa jornada, como falo aqui:

A forma como encaramos a vida é que faz dela uma vida plena!

Quando adotamos essas máximas para nossa vida, temos a grande chance de vivermos a plenamente, na maior parte dela:

  • Aumentar nosso ângulo de visão frente a cada acontecimento na nossa vida é fundamental. Que tal passar a se perguntar: Eu gostaria de manter minha vida assim pelos próximos cinco anos? Dez?
  • Tomar consciência do momento presente com questionamentos como: Para que isso serve agora na minha vida? Isso me faz bem? O que quero alcançar com isso?
  • Manter nossos sonhos sempre como projetos de vida. Eles nos mobilizam para vencer a procrastinação.
  • Avaliar sempre como está a disciplina, afinal, sem disciplina a gente não consegue ter sucesso no que a gente quer.
  • Enfrentar situações estressantes com leveza e buscando soluções inteligentes.
  • Buscar sempre fazer as coisas que dão prazer e, quando não pudermos, vamos colocar prazer de alguma forma naquilo que temos que fazer e que não gostamos. Tony Robbins diz: Sucesso sem realização é igual ao maior fracasso.
  • Avaliar sempre um erro por diversos ângulos e, principalmente, sempre avaliar a aprendizagem, ou as aprendizagens, que esse erro trouxe naquele momento.
  • Durante várias vezes no dia, fazer um exercício de colocar o celular para tocar e sentir como se sente naquele momento. Perceba se está tenso, se está feliz, triste…
  • Aposte em ativar mais vezes por dia seus sentidos, em prestar mais atenção na respiração, esses exercícios trazem a gente mais para o agora. Quanto mais foco a gente tiver, mais nossas decisões melhoram, nosso desempenho.

Já foi comprovado que nossos comportamentos têm mais influência do que os genes no aparecimento das doenças. Além disso, podemos mudar a expressão de nossos genes, como nos prova a epigenética.

Então, vamos aproveitar, levar a sério e construir nossa vida plena!

Abraço carinhoso!



Isabel

____________

Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: scharfsinn86 / 123RF Imagens






Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.