3min. de leitura

“Como conviver com pessoas que nos fazem mal?” – Lição da Monja Coen

Cláudia Dias Baptista de Sousa, a Monja Coen é uma budista brasileira e missionária oficial da tradição Soto Shu. Além disso, também é a Primaz Fundadora da Comunidade Zen Budista criada em 2001 com sede em Pacaembu, São Paulo.


Ela exerceu a profissão de jornalista por muitos anos e mudou-se para Los Angeles quando trabalhava em um grande banco. Nesse período, começou a estudar práticas de zazen e, com o tempo, tornou-se cada vez mais comprometida com a prática, especializando-se e tornando-se a primeira mulher e a primeira monja de ascendência não-japonesa a assumir a Presidência da Federação das Seitas Budistas do Brasil.

Monja Coen é muito conhecida em nosso país por seus livros, palestras, reuniões e diálogos inter-religiosos. Ela também promove a conhecida Caminhada Zen em parques públicos, que tem como objetivos promover conscientização ambiental e pacificação interior.

A monja também é muito popular por seu canal no YouTube, em que responde perguntas trazendo lições valiosas, que ajudam as pessoas a viverem melhor.


No vídeo mostrado abaixo, Monja Coen disserta sobre a pergunta: “Como lidar com pessoas que nos fazem mal sem termos que nos afastar delas?” Ela nos traz muitos ensinamentos e coisas para refletir. Logo no início, ela nos explica que as pessoas que despertam sentimentos ruins em nós mesmos apenas dão vida ao que já existe em nosso interior. Também dá uma dica muito importante, se não quisermos nos afastar dessas pessoas: permitir que elas se tornem nossos mestres.

“Quando fazemos do outro o nosso mestre e aprendemos a lidar, com maturidade, com o mal que ele nos causa, tiramos o seu poder.” 

Assista ao vídeo e inspire-se com as lições de vida da monja Coen.


 


 





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.