FelicidadeReflexão

Como dar certo em 2014

Nascida em Paris, no final do século 19, Freya Stark foi uma viajante que percorreu a Ásia e o Oriente Médio e depois escreveu sobre viagens numa época em que pouquíssimas mulheres viajavam ou escreviam, e é dela uma frase que resume sua vida e deveria resumir a nossa:



“Não pode haver felicidade se as coisas em que cremos são diferentes das coisas que fazemos”.

Agora, pense em alguém que você admira. Seja esse alguém um personagem da sua vida, da História ou até da ficção, pode reparar: suas palavras, pensamentos, valores e ações estavam alinhados – e todo o seu ser era coerente, em função desse alinhamento. Não é?

Agora, lembre-se de um ou mais momentos difíceis na sua vida. E repare novamente: todas as vezes em que você (eu, nós, vós, eles…) sentiu-se frágil, carente, desorientado, sem convicção de ter agido certo, não foi quando seus valores diziam uma coisa e você fez outra?


Pois, desta vez, recorde-se de ocasiões em que estava centrado, fortalecido, empoderado – todos os seus lados olhavam pro mesmo lado e você venceu a dificuldade, o desafio. Não foi assim? Não é assim?

Agora, na prática, observe e responda: por onde você poderia começar a alinhar sua verdade com suas ações, naqueles pontos em que elas discordam e você faz o que não acha certo? Que tal refletir agora mesmo sobre o que anda insatisfatório em cada área da sua vida (pessoal, profissional, afetiva, social, espiritual) e programar em cada uma delas o alinhamento que está faltando e que será capaz de transformar 2014 num ano realmente novo e pleno na sua vida?

O primeiro passo pode ser pequeno, nada fenomenal, algo que não implique nenhuma revolução, mas que seja suficiente pra trazer autoconfiança e servir como amostra da força que a gente desenvolve quando essas coisas se alinham.

Afinal, invertendo a frase da Freya, você já pensou onde vai parar se aquilo em que acredita estiver alinhado com aquilo que faz?


Por Mariana Viktor

Envelhecer ou amadurecer?

Artigo Anterior

Amplifique e expanda sua autoconfiança!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.