7min. de leitura

Como desenvolver autoconfiança e se preparar para o sucesso na vida:

  • Você age de acordo com as opiniões de outras pessoas?
  • Você permanece continuamente em sua zona de conforto por medo do fracasso?
  • Tem medo de cometer erros e os esconde antes de alguém descobrir?
  • Você sente que precisa de reconhecimento constante para que seus sucessos sejam validados?
  • Ou simplesmente acha difícil aceitar elogios?

A autoconfiança é algo que todos desejamos, mas para um grande número de pessoas, ela é uma luta diária.

Se você respondeu “sim” a qualquer uma das perguntas acima, ainda precisa trabalhar para fortalecer sua autoconfiança. E a chave para isso é entender o que ela é e desenvolver maneiras de combatê-la de frente.



A diferença entre autoconfiança e autoestima

Muitas pessoas não sabem diferenciar esses dois conceitos. Embora possam parecer semelhantes, existem diferenças fundamentais entre autoconfiança e autoestima.

A autoconfiança é sobre nossa capacidade de confiar em nós mesmos e como lidamos com desafios ou situações difíceis. A autoestima é nossa avaliação cognitiva e emocional de nós mesmos que está relacionada a nosso valor.

Ambos nem sempre andam de mãos dadas. Alguém com uma abundância de autoconfiança pode ter baixa autoestima. Um exemplo típico disso seria um artista que pode estar no palco se apresentando para milhares de pessoas, mas que se destrói com álcool e drogas a portas fechadas.


O grande ponto em trabalhar para aumentar a sua autoconfiança é que é muito mais fácil do que trabalhar com sua autoestima. Ao aumentar a confiança em primeiro lugar, você fica  melhor equipado para lidar com quaisquer problemas de autoestima.


Seu nível de autoconfiança determina quão bem-sucedido você é

A autoconfiança é crucial quando se trata de nossa aprendizagem e capacidades. Nossa confiança pode afetar nosso desempenho e relacionamentos com outros, e é uma indicação muito mais forte de sucesso do que a autoestima.

Nossas crenças influenciam fortemente o que pensamos que somos capazes de ser/fazer. Em outras palavras, a mentalidade é um grande determinante da confiança que temos.


Se acreditarmos que não somos bons em uma tarefa, nosso desempenho é diminuído significativamente. A influência que nossa mente tem em nossas habilidades pode ser a diferença entre o bom desempenho e o desempenho abaixo de nossas capacidades reais. Os medos são, portanto, fundamentais para o nosso nível de confiança e transcendem em diferentes áreas da nossa vida.


Como podemos construir nossa autoconfiança?

Há muitas maneiras de construirmos nossa autoconfiança, então, quais são algumas boas dicas que podemos aplicar ao nosso cotidiano?

Finja até conseguir

Se você tem baixa autoconfiança, o conselho de “ser você mesmo” pode ser prejudicial. É nesse ponto que “fingir” confiança pode realmente ajudá-lo a avançar com sucesso. Prestar atenção a como você quer se apresentar aos outros pode dar-lhe clareza para se esforçar a agir assim.

Às vezes, é mais fácil mudar de fora, em outras palavras, uma vez que nos habituamos a agir de forma confiante, a confiança pode se tornar mais familiar e podemos começar a ver resultados positivos.


Cada gesto conta

A linguagem corporal é uma maneira importante de transmitir confiança. Quando temos baixa autoconfiança, ela pode transparecer na forma como fisicamente nos comportamentos. Manter um comportamento adequado e até mesmo fazer poses de poder (pense no Superman) pode mudar a forma como pensamos na confiança. Experimente esse comportamento durante todo o dia e veja a diferença que faz. Falar mais devagar – levando tempo para pensar sobre o que quer dizer – e fazer contato visual transmite impressão de confiança.


Seu vestuário ajuda

Estudos demonstraram que o que você veste pode ter uma influência significativa sobre como se sente e age. Vestir roupas que fazem você se sentir confiante pode mudar sua atitude e visão sobre uma situação estressante.


Mude sua mentalidade

A mentalidade é extremamente importante quando se trata de confiança. Pessoas confiantes concentram em pensamentos e resultados mais positivos do que negativos. Tente mudar sua perspectiva e hábito de pensar – concentre-se na abundância e não na falta. Saiba que o resultado não reflete necessariamente suas habilidades.


Comemore pequenas vitórias

Pessoas com baixa autoconfiança costumam colocar muita pressão na totalidade. O segredo para construir mais confiança é focar mais nos pequenos passos que tomamos. Direcione mais significado às pequenas vitórias e comemore-as, pois isso irá ajudá-lo a perceber o quão longe você chegou.


Veja como você se torna uma melhor versão de si mesmo

Adotar uma nova habilidade, como aprender um idioma, pode ajudá-lo a aumentar a confiança. Ver melhorias e acompanhar o progresso vai construir, instintivamente, a forma como você se vê em termos de capacidade. Também pode ajudar a distrair e acalmar a mente, bloqueando qualquer preocupação ou pensamento excessivo que possa surgir de outras áreas de sua vida.

Construir a confiança é realmente uma combinação de mentalidade e mudar nossos padrões comportamentais prejudiciais. Mas a chave é saber que baixa autoconfiança pode sim ser superada.

“A baixa autoconfiança não é uma sentença de morte. Autoconfiança pode ser aprendida, praticada e dominada – assim como qualquer outra habilidade. Depois de dominá-la, tudo na sua vida mudará para melhor.” – Barrie Davenport

____

Traduzido pela equipe de O Segredo – Fonte: Life Hack





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.