Como é a minha rotina de trabalho que não é de 9 às 18:

Após 3 anos fora da rotina das 9hs às 18hs, fazendo home office, aprendi que toda rotina, ou a falta dela, tem seus pontos bons e ruins! Nem tudo é legal e divertido como às vezes parece.



Aqui eu conto para vocês como está sendo minha rotina:

Vantagens:

Satisfação: a satisfação de compartilhar algo conquistado do seu próprio negócio é muito maior do que compartilhar algo que a empresa que você trabalha conquistou! É inestimável a alegria que sentimos quando conseguimos algo pequeno que seja para sua própria empresa, construindo o seu sonho e não dos outros.


Tempo e Flexibilidade: Com certeza o maior ponto positivo. Faço meus horários,  não perco tempo no trânsito, não me sinto cansada e indisposta. Os feriados deixaram de ser uma necessidade, pois eu posso aproveitar meu tempo durante a semana.



Saúde e Bem Estar: Em 2010 eu estava tão estressada que eu tive câncer. Em 2012, também tive que fazer uma cirurgia de cisto ovariano e endometriose. Eu não sei se o stress causou estas doenças, mas hoje em dia eu tenho tempo de fazer academia, pilates, zumba, muay thai e corrida e me sinto muito mais saudável.


Simplicidade: Hoje eu vivo de forma simples e minimalista. Não gasto muito dinheiro em roupa, sabe por quê? Porque eu não preciso. Foco meu dinheiro em coisas importantes e não supérfluas. Essas coisas geram felicidades momentâneas e não contínuas. Você fica feliz com seu carro ou iphone novo somente no começo. Depois passa!



Desvantagens:

Disciplina e Procrastinação: Eu achei que eu fosse uma pessoa extremamente disciplinada, mas quando somos donos do nosso tempo a culpa dele ser perdido é nossa. No post “A dica que eu dou para quem quer mudar de vida”, eu falo exatamente sobre a nossa mania de procrastinar. Quando nossa rotina é definida das 9h as 18h, temos horários para entrar, almoçar, sair e colocamos outras atividades no tempo que resta. Nós somos obrigados a trabalhar o tempo inteiro. Agora quando você tem tempo livre, a gente deixa tudo para amanhã.


Produtividade: É muito fácil ser improdutivo quando trabalhamos por conta própria. Sempre arranjamos coisas para fazer e não existe uma separação tão óbvia do que é dia útil e fim de semana. É muito fácil nos distrairmos e perdermos o foco. Não é fácil ser o próprio chefe e gerenciar o próprio trabalho quando não existe uma cobrança externa e metas da empresa.


Sociabilidade: Não fazer parte de um ambiente corporativo é estranho. Eu gosto de trocar ideias, interagir e senti uma necessidade de encontrar outras pessoas que trabalham dessa mesma forma!

Por isso decidi trabalhar em uma coworking. Para quem não sabe, não é apenas um local de trabalho, mas sim um local que conecta pessoas, soma ideias, com uma cultura nova e inspiradora, de inovação e empreendedorismo. Além disso, ter um local agradável ajuda a ter disciplina e produzimos mais! Estou adorando. Repense sua forma de trabalho!

Apesar destas desvantagens, foi uma das melhores decisões que já tomei na minha vida! Ainda estou me acostumando e descobrindo como ser mais produtiva, como me disciplinar e socializar mais. Conectar-se com outras pessoas que estão na mesma que você ajuda a se inspirar, motivar e focar.


E se der certo? Cada oportunidade questionada pode gerar o dobro de possibilidades ou pode não trazer nada de novo, mas, e se der certo? Essa pergunta nos faz expandir nossos limites e

promove a inquietude. Dar certo não é uma questão de sorte, mas de escolha.

E a nossa escolha é sempre repensar. Repensamos nossas formas de trabalhar e agir, nossos próprios limites e os resultados que alcançamos com isso. Repensamos, inclusive, a nossa forma de repensar, porque, cá pra nós: e se der certo?

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.