3min. de leitura

Como eliminar tanta negatividade?

O telefone toca sempre nos momentos mais inapropriados, alguém faz um comentário de mau gosto e começa uma briga no grupo do WhatsApp, as postagens desse ou daquele amigo nas redes sociais o tiram do sério e tudo isso incomoda a ponto de mexer com o seu humor.



Acredite, isso é comum ultimamente, muita gente se estressa tanto, que até o que era diversão virou motivo de grande irritabilidade.

O grande volume de informações com os quais vivemos, muitas vezes, sobrecarrega nossas mentes e nos impede de ter o rendimento que precisamos. Sem contar que ampliamos consideravelmente nossos contatos e, consequentemente, as trocas de mensagens.

Se isso acontece com você, vale refletir sobre como administrar essas emoções e deixar de incorporar essa negatividade em seu dia a dia.

Para facilitar as coisas tenha em mente que:

1. O que o outro diz não compete a você

Na maioria das vezes, você não precisa se desgastar, responder, desmentir ou fazer qualquer tipo de comentário. Mesmo numa referência direta a você, não se abale! Lembre-se de que é apenas o que o outro pensa; não tem a ver com você, entende?



2. Evite polêmicas

Muitas pessoas gostam de polemizar e criar verdadeiras batalhas com as palavras; fuja disso, além de não levar a lugar nenhum, ainda provoca muita irritação. Aproveite a oportunidade para trabalhar a sua aptidão por aceitar as diferenças e respeitar opiniões contrárias.


3. Desligue o celular e desconecte-se

Em momentos que exigem maior concentração, evite qualquer coisa que atrapalhe o foco de seus pensamentos. Isole-se e busque estar compenetrado no que precisa ser realizado. Com certeza seu rendimento melhorará muito.

Manter bons relacionamentos exige estratégias que inclui autoanálise e disposição para o respeito e tolerância. Isso representa a sua superação diante do que o irrita.



Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: 123rf / diignat

Você sabia que O Segredo está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.

* Matéria atualizada em 24/10/2018 às 7:23






Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.