5min. de leitura

Como encontrar a minha missão de vida

Você já parou para pensar no porquê de muitas vezes você se sentir totalmente desmotivado? Já parou para analisar o porquê de você não ter uma vida como sempre sonhou?

Já passou na sua cabeça o porquê de você viver sempre no vermelho, num trabalho que não lhe dá ânimo e que lhe causa um grande nível de estresse?


Se essas perguntinhas estão passando por sua cabeça eu irei sanar essas dúvidas agora! Vamos lá?

Primeiramente eu gostaria de esclarecer que o grande e real motivo de ter tanta gente depressiva, desmotivada com o seu trabalho, vibrando em total escassez e com tantas outras mazelas existentes nesse mundo, é pelo fato das mesmas terem se afastado do seu propósito de vida.

Hoje em dia é muito comum se ouvir falar em propósito, mas, por incrível que pareça, ainda tem muita gente que não sabe sequer o que é isso. Mas eu estou aqui, nessa missão de fazer você olhar para esse lado, na missão de auxiliá-lo a se olhar no espelho de sua história, de ver o reflexo de você mesmo, com todo o seu brilho e com toda a sua sombra! Sem julgar ou criticar… vou lhe auxiliar a apenas se autoobservar!  


Primeiramente quero esclarecer que todos esses sentimentos e emoções limitantes que eu citei anteriormente, tais como (depressão, mágoa, tristeza…) somente nos atinge, pois, em algum momento de nossa existência, nós nos afastamos do nosso propósito de vida.

Quando viemos para este Planeta, viemos para experienciar a luz na matéria… viemos com um propósito de nossa alma. Mas, em algum momento, em contato com esse sistema limitante de crenças, absorvemos conceitos e padrões que simplesmente nos fizeram esquecer qual o nosso principal objetivo ao habitar o Planeta Terra.

Em algum momento de nossas vidas nos disseram que era feio ser como éramos. Disseram que aquilo  que tanto gostávamos era muito diferente e discriminado pela sociedade, que aquilo que nos satisfazia não nos renderia dinheiro, entre tantas outras bobagens que um dia escutamos!


Diante de tamanha bobagem gravada em nossa mente subconsciente, nós nos distanciamos do nosso propósito interno e nos alinhamos apenas com o propósito externo, ou seja, passamos apenas a buscar satisfazer os propósitos da matéria, deixando completamente de lado, os propósitos de nossa alma.

E por isso nos alinhamos a uma profissão que não nos satisfaz, muitas vezes escolhemos um modelo de relacionamento que não é o ideal para nós, além de tantas outras escolhas que nos fazem estar nessa baixa vibração de desânimo, de falta de paz, de ansiedade e muito mais.

Temos que voltar para dentro, temos que olhar o nosso interior. Devemos nos conectar com a nossa essência e nos alinhar com o propósito de nossa alma!

E para que consigamos realizar esse objetivo, é muito interessante imaginarmos como seria a nossa vida se tivéssemos todas as nossas necessidades atendidas! O que faríamos de nossa vida se o dinheiro não fosse uma questão de sobrevivência?

Devemos nos questionar onde estaríamos, o que estaríamos fazendo, quais projetos já teríamos concluído, enfim, perguntas desse tipo devem nos rondar para que possamos ter pelo menos uma ideia inicial de qual seria o propósito de nossa alma.

A partir do momento que você começar a fazer esse tipo de reflexão, as coisas começarão a mudar em sua vida e você terá a oportunidade de se alinhar com o seu propósito de alma! Mas eu lhe digo que isso é apenas o começo de uma linda jornada de autoconhecimento. De uma jornada que o levará para um caminho de paz, de tranquilidade de alegria e de prosperidade.

É apenas nos alinhando com a nossa missão de vida que conseguiremos nos livrar de toda baixa vibração, e assim teremos a tão sonhada paz!


Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: cendeced / 123RF Imagens





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.