Bem-Estar e Saúde

Como evitar uma recaída na depressão:

Estatísticas mostram cerca de 50% de chance de recaída na depressão. Essa porcentagem fica maior se você já teve mais de um surto de depressão clínica. Após a sua segunda luta, a chance de uma recaída sobe para 70%, e depois da sua terceira, sobe para 90%.



A prevenção da recaída se torna muito importante após o primeiro surto de depressão, e a chance de continuar vítima de depressão aumenta dramaticamente após o primeiro episódio.

A prevenção é simplesmente um tratamento médico mesmo depois de os sintomas terem sumido. É muito importante ter um plano de prevenção e evitar os gatilhos que podem causar uma recaída.

Então o que podemos fazer para evitar recaídas em depressão?


como-evitar-uma-recaida2

1.Siga o seu plano

O maior gatilho para uma recaída é não seguir com a sua cura uma vez que os sintomas começam a desaparecer. Só porque você não sente mais eles, não significa que eles não estão à espera nos bastidores prontos para saltar de volta em sua vida, se você baixar a guarda. Não falte as sessões de cura mental ou emocional que você precisa só porque você começou a sentir-se melhor. Se você está tendo dificuldade em ir às sessões de terapia, peça ajuda. Se algo está criando um efeito colateral desconfortável, procure o seu médico. A chave é encontrar um plano que funciona para você e te impede de entrar novamente em depressão.



2.Elimine pensamentos negativos

Prender-se a visões negativas de si mesmo pode provocar recaídas em pacientes com histórico de depressão. Olhar para si mesmo em uma luz negativa é contraproducente para a sua saúde mental. A terapia cognitivo-comportamental e terapia baseada em mindfulness pode ajudar a mitigar ou eliminar esses pensamentos negativos de sua mente.


3.Saiba suas vulnerabilidades


A situação de cada pessoa é diferente, e cada um tem vulnerabilidades únicas para o seu estado mental e emocional. Você precisa identificar onde está vulnerável e minimizar o contato com essas pessoas ou lugares. Também esteja atento a dias especiais em que as coisas podem ser emocionalmente mais difíceis do que a média diária.


4.Mantenha um diário emocional

Mantenha o controle de seus estados emocionais diários. Isso pode ajudar a detectar uma recaída e conseguir tratamento imediato para ajudar a prevenir um episódio de depressão. Estando consciente de seus estados emocionais e mentais você pode ganhar controle sobre a doença, em vez de se tornar uma vítima dela. Se você notar um padrão de emoções negativas durante 7 a 10 dias, consulte o seu médico imediatamente e e busque ajuda.



5.Busque as pessoas

É importante lembrar-se de não ficar isolado socialmente. Depressão pode fazer situações sociais não serem agradáveis e até mesmo dolorosas. O isolamento social é um sintoma de recaída na depressão. Seja consciente de seus hábitos quando se trata de passar o tempo com outras pessoas.



6.Durma o suficiente

como-evitar-uma-recaida

Falta de sono pode ser um importante fator que contribui para a depressão e a recaída na depressão. Se você está sofrendo de insônia ou não consegue continuar dormindo depois de ter pegado no sono, deve consultar o seu médico. Apneia do sono e outros distúrbios também podem contribuir para problemas de sono e a recaída na depressão. Se você tem uma desordem física que inibe ou interrompe o sono, avise ao seu médico, pois isso pode desencadear um episódio depressivo.

___


Traduzido pela equipe de O SegredoFonte: Power of Positivity

6 razões para amar um escorpiano:

Artigo Anterior

E se eu lhe dissesse que sinto sua falta?

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.