AtitudeAutoconfiançaAutoconhecimentoComportamentoEnergiasMulheres

Como expressar sua energia feminina autêntica – como se valorizar

Por Scheilla Adriane Grade



Cada mulher tem muitas personalidades e energias diferentes dentro dela. Quanto mais nós rejeitamos as diferentes partes de nós mesmas, que estão morrendo de vontade de serem expressadas, menos inteiras realmente somos e isso limita nosso potencial, inclusive nos relacionamentos.

Mas e se você é uma mulher que tem medo de abraçar a sua energia feminina?

Isso ocorre em quase todas nós.


Às vezes eu acho que, embora as mulheres estivessem ansiosas para obter os direitos de igualdade com os homens; no processo, começamos a competir com os homens e, por vezes, nos tornamos obsessivamente identificadas com a energia masculina.

Isso é uma coisa maravilhosa – mas não é maravilhoso quando obsessivamente nos identificamos com isso apenas porque nos sentimos desesperadas para sermos vistas e reconhecidas.

Quero dizer, imagine se os homens do mundo que naturalmente se identificam mais com a energia masculina começassem a competir com mulheres em seu brilho e beleza. Alguns homens o fazem, e na minha opinião, não é a experiência mais agradável estar ao seu redor.

Energia Feminina precisa ser vista – pelo seu esplendor


Porque ser vista por algo que não somos é um ciclo doloroso. A verdade é que – mulheres femininas desejam ser notadas. Porque, na nossa essência, somos luz. Nós somos energia. Estamos fluindo, mudando a energia do amor. E isto merece ser visto e amado.

Embora, ela tenha sido percebida como errada ou “fraca” para muitos de nós. Em outras palavras, não é certo simplesmente usar um vestido ou sorrir e receber amor. Em vez disso, temos de nos esforçar para se tornar algo que não somos, para que possamos nos encaixar.

Então já que simplesmente ser luz é algo errado ou não merecedor do amor, nós pensamos que a energia masculina é o caminho para ser identificada e vista. Yay! (Só que não).

Tentamos alcançar status e “ganhar” as coisas. Pensamos que para sermos dignas, temos que alcançar uma falsa superioridade, ou dominar as pessoas. Essa busca significativa é o condutor da energia masculina. A energia feminina é mais impulsionada por conexão.


Essencialmente, se estamos sendo algo que não Somos – reduzimos o nosso valor ao julgamento alheio, porque estamos usando uma máscara feita de medo. O medo é sentido pelas pessoas. E nós só desenvolvemos nossas máscaras para obter a aprovação e nos encaixar nos padrões ‘aceitáveis’.

Os homens e as mulheres do mundo que estão sendo autênticos e expressam quem eles realmente são, também não entram no relacionamento com uma troca em mente. Ex.: Eu faço isso para você, na esperança de que você vai me dar a aprovação em troca.

Vou ser algo que não sou – porque eu tenho medo de perder o amor se eu não fizer isso.

Como se valorizar?


Então, este é o primeiro passo para elevar o seu valor; é começar agora o processo de aceitar cada parte de si mesma. É o processo de tornar os seus sentimentos e emoções livres:

1) Esteja ok com cada parte de si mesma.

Os órgãos sexuais, as partes irritadas, as partes sobrecarregadas do “não posso mais fazer isso”, as partes masculinas, as femininas, e as partes deprimidas. Todas vocês. As pessoas que você vê ao seu redor que você julga e odeia? Isso é ou foi uma parte de você em algum momento.

2) Honre e respeite todos os sentimentos que você tem.


Quando você aceita seus diferentes sentimentos – você não vai mais ressentir-se com os homens que desencadeiam sentimentos assim, você deixa a sensação acontecer, porque você sabe que isso é a vida, e os sentimentos acontecem. Eles irão acontecer em relacionamentos e não é culpa dele.

Os homens não são os culpados. Nosso ódio e resistência de nossas próprias emoções obscuras é o autor do crime. Não podemos resistir às emoções que nos fazem sentir menos capazes, porque se o fizermos, tudo o que sobra é uma mulher defensiva e raivosa que os outros vão ter de lidar. Quando resistimos a nossa vulnerabilidade, tudo o que resta é, na verdade, uma resposta auto-defensiva e combativa – porque os nossos corpos estão percebendo uma ameaça à nossa segurança.

A verdadeira segurança, a menos que estejamos em uma situação realmente perigosa, é sentir quão assustadas estamos atrás de nossa tensão e nossa necessidade de culpar os homens. Por quê? Porque uma vez que a emoção é sentida, e os nossos corpos vêem que nós realmente não estamos prestes a morrer ao deixar o sentimento acontecer – os nossos corpos são livres para ir para a próxima sensação. Os sentimentos que você deixar acontecer irão passar.

Como você expressa sua energia feminina autêntica?


1) Cerque-se com muitas mulheres e deixe a sua energia inspirar essa mesma energia dentro de você.

Mesmo se você não tiver feito isso em décadas. Reúna-se e converse com muitas mulheres. Mulheres livres e abertas são a melhor resposta.

Você pode manter suas amigas mais próximas, mas é preciso conviver com mulheres de todas as energias e fundos diferentes. E abrir o seu corpo quando você estiver com elas. Fique fora de sua cabeça, se esse é o seu hábito – e habite seu corpo. Deixe que elas então inspirem e tragam à vida as partes de você que estão latentes.

Dessa forma, você pode se relacionar com elas – porque você está espelhando a sua energia, e você terá o dom de acender o fogo nas personalidades em si mesma que você reprimiu pelo auto julgamento.


Para mim, a parte mais difícil de ser foi a parte sensual. Quando eu era mais jovem, não podia usar batom, ou pintar as unhas. Tudo era sinônimo de mulher ‘fácil’. A mulher que saia dos padrões logo era rotulada. Nada podia chamar a atenção. Usávamos uma burka imaginária para evitar olhares desnecessários.

Há pouco tempo atrás tive de ir no mercado e estava bem arrumada. Comecei a notar o quanto me sentia desconfortável com aquilo. O quanto tinha pavor da atenção que poderia receber. Deixei a sensação percorrer meu corpo, se manifestar, e disse mentalmente: você está segura, está tudo bem. Logo a emoção foi se dissolvendo. A verdade é que tudo isso mora só na nossa cabeça, coberta por teias de crenças limitantes.

2) Conforme você interage, perceba quando sua barriga se torce com o julgamento e medo.

É ok sentí-lo. Mas pode ser bom se você se perguntar; “É necessário isso agora, com essa mulher?”


Ela pode ser capaz de presentear você com a sua energia e você pode ser capaz de presenteá-la com a sua.

Estar somente ao redor de homens o tempo todo não ajuda a alimentar a nossa alma feminina.

Mas estar com outras almas femininas irá!

E a melhor coisa sobre isso é que uma vez que o fazemos, nós naturalmente nos tornamos mais atraentes. Atrativo é a energia do amor e vivacidade. Isso não significa ser feliz o tempo todo! Depressão e tristeza ainda são vitalidade. Isto é, se você deixar a depressão e tristeza serem sentidas até que elas cessem – ao invés de usá-las no longo prazo para arrebatar a atenção de pessoas.

As mulheres precisam estar com as mulheres

Nos dias em que viviamos em tribos de 50-100 ou mais pessoas, as mulheres tinham a liberdade de estarem umas com as outras e socializar. E os homens estariam com outros homens.

Ao fazer isto, os homens se tornavam mais masculinos e mulheres tornavam-se mais femininas. A energia feminina gera energia feminina e energia masculina gera energia masculina. Hoje em dia, vamos ao trabalho passar o dia em algo que a nossa alma odeia – e isso petrifica a nossa energia autêntica.

É como se nós não tivessemos mais tempo para fazer as coisas que nos iluminam.

E então chegamos em casa para um homem – e uma vez que ele é o nosso ‘melhor amigo’, devemos nos sentir vivas. Não realmente. É importante receber a energia feminina de nossas amigas e estarmos abertas a novas amizades para que nós estejamos livres para não depender de um homem para tudo.

Ele não pode ser tudo. Ele não pode ter todos os papéis. Além disso, você realmente não quer que ele se torne uma ‘amiga’, certo?

Vamos ter relacionamentos mais apaixonados quando nós não esperamos que o nosso homem assuma o papel de nossa amiga, mãe, pai, irmã e amante … o relacionamento, então, tem a chance de ser mais apaixonado quando nós naturalmente trazemos nossa energia e vitalidade para o jogo porque já nos preenchemos com o combustível que precisamos.

Conte-me sobre algumas mulheres que você admira! Quais as qualidades que elas têm que você admira? O que você admira na outra é o que você muitas vezes têm medo de ser você mesma.

Então ao escrevê-lo aqui, você pode lembrar-se de que você já é a mulher que você admira.

__

Fonte: PortalDivina.com

10 citações de christie marie sheldon

Artigo Anterior

Esqueça o dinheiro: 7 maneiras de criar mais abundância e viver ricamente

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.