ComportamentoRelacionamentos

Como lidar com pessoas tóxicas no trabalho:

O filósofo francês Sartre disse: “O inferno são os outros”. A psicologia positiva diz que os relacionamentos são um caminho importante para que possamos florescer. Como o animal mais social do planeta, o que devemos fazer com isso?



A resposta pode estar no contágio emocional do relacionamento. As relações positivas nos acalmam, nos divertem e nos capacitam. Elas ajudam as famílias a se desenvolverem e as organizações a alcançarem o sucesso. Elas nos tornam melhores versões de nós mesmos e trazem felicidade e significado a nossas vidas.

Mas também existem as relações tóxicas, que nos consomem e nos deixam drenados. Aquelas relações que nos causam estresse diário, onde nossas melhores intenções se perdem e nos envolvemos em comportamentos que não são característicos, na melhor das hipóteses.

E isso é porque as pessoas tóxicas desafiam todas as tentativas razoáveis ​​de compromisso e colaboração.


Surpreendentemente, essas pessoas são mais fáceis de lidar como familiares ou amigos, principalmente porque temos mais ferramentas à nossa disposição. Nós podemos cavar mais fundo e ajudá-las a chegarem ao núcleo da miséria que espalham. Podemos segurar sua mão, acariciar seu braço ou oferecer um ombro para chorar enquanto processam suas emoções e entendem melhor seus comportamentos.

A toxicidade no local de trabalho leva a dificuldade para um nível totalmente novo. Ao contrário da família, estamos menos dispostos a perdoar, porque não somos obrigados a fazê-lo, “pelo sangue”.

Abaixo estão dicas para criar um plano eficiente de lidar com pessoas tóxicas no ambiente de trabalho:

1. Limite sua exposição a essa pessoa (o máximo que puder)


Faça o que puder para limitar sua exposição ao seu colega tóxico. Não se sinta compelido a iniciar uma conversa simplesmente porque ele entrou na cozinha enquanto você estava enchendo sua garrafa de água. Um “Oi” educado é tudo o que você precisa. Se essa pessoa o envolver, você em uma conversa que está se tornando hostil, converse devagar e deliberadamente – isso assegura sua segurança e o impede de se envolver em negatividade desnecessária.


2. Não sofra em silêncio

Isso não significa ativamente iniciar uma campanha contra as pessoas tóxicas! Significa buscar apoio para permanecer forte, aliviar o estresse e manter uma perspectiva saudável. No entanto, não caia na armadilha de sobrecarregar seus relacionamentos saudáveis ​​com a conversa sobre a pessoa tóxica. Um riso ou suspiro ocasional é bom – e muitas vezes é necessário -, mas, constantemente manter essa pessoa no topo de todas as conversas drena sua energia emocional e deixa pouco ânimo para atividades mais positivas.



3. Cuide de si mesmo

As emoções negativas (e positivas) são contagiosas. Para poupar-se do sofrimento de ser atraído para sua negatividade, preste atenção especial ao que o ajuda a se sentir positivo e energizado. Lembre-se: é preciso muito bem para combater o mal, por isso não seja mesquinho sobre o tempo que você gasta na natureza, buscando suas paixões, ou se envolvendo em atividades que o fazem sentir-se vivo.



4. O último recurso

Se você tentou as dicas acima por algum tempo e nada parece funcionar, você pode recorrer ao que poderia ter sido a sua primeira reação de luta ou fuga. Você pode decidir mudar de emprego, se o dano emocional estiver afetando sua saúde e seus relacionamentos. Ou você pode manter-se firme, depois de ter avaliado a dinâmica do poder, documentado tudo e procurado um suporte adequado.

Lembre-se, no entanto, que a saída raramente é necessária – e o combate tem seu próprio conjunto de consequências negativas. O que funciona melhor é a abordagem em duas vertentes: evitar a pessoa quando puder, e reavaliar seu comportamento quando não puder.

Parece que Sartre e a psicologia positiva estão corretos. Os outros podem se tornar um inferno quando sua presença nos consome e nos leva a comportamentos que despertam nossas piores qualidades. Mas sem relacionamentos que nos ajudem a sentir-nos vistos e apreciados, sofremos e espalhamos o sofrimento. E isso é o que transforma alguém em uma pessoa tóxica, em primeiro lugar.


Escrito por Homaira Kabir 

____

Traduzido pela equipe de O Segredo – Fonte: My Happify


Ao acordar de manhã, agradeça pelas novas oportunidades que se abrem…

Artigo Anterior

Menos foco na grama do vizinho e mais cuidado com a sua!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.