5min. de leitura

COMO LIMPAR SUA AURA

Visualize sua Aura

Em uma sala silenciosa, sente ou deite-se confortavelmente em uma posição na qual possa se manter durante cerca de 15-20 minutos. Comece concentrando-se na sua respiração, inspire e expire lentamente.


Crie um fluxo constante de ar, sem lacunas entre cada respiração. Concentre-se na ascensão e queda de seu estômago. Concentre-se em como se sente, como as pontas de seus dedos das mãos e pés se sentem, como sente o ar ao redor em cada polegada de seu ser. Afunde-se no relaxamento.

Visualize uma luz branca começando a se formar na coroa de sua cabeça. Imagine que é brilho iridescente lentamente derramando-se, até cercá-lo completamente.

Visualize isso abrangendo cada fibra do seu ser e fundindo-se com a sua pele. Imagine o calor e a proteção que essa luz traz para você.



Crie uma Bolha de Proteção

Sinta que você está seguro, e como uma extensão da consciência universal; você é eternamente amado.

Visualize essa luz brilhante expandir-se para fora de você em todas as direções.


Misture essa energia em tudo ao seu redor, estendendo-se até o infinito. Esta luz expansiva é tudo que existe.

Crie um espaço de segurança e transparência para si mesmo.

Pergunte a si mesmo como você se sente no momento.

Quais você considera os fatores negativos em sua vida? O que você realmente quer na vida?

O que você quer dar? E como que gostaria de fazê-lo?

Conheça esse espaço, assim você pode responder da forma mais honesta e impulsiva quanto queira.

Não há julgamento e consequências para as suas respostas.

O certo e o errado não existem do ponto de vista universal, tudo simplesmente é.


Vá para o Núcleo

Há muitas versões de uma limpeza da aura, mas todas elas levam a uma liberação de energia que nos faz sentir mais leves no final.

É preciso o esforço de perguntar a si mesmo como você se sente e o que está disposto a fazer para sentir-se tão bem quanto possível.

Podemos visitar o maior curador de energia de todos os tempos, mas no final ainda vamos levar a nossa própria bagagem emocional de problemas ou sentimentos não resolvidos que temos enterrados.

Tudo é energia e todos temos a capacidade de transmutarmos e transformarmos as geometrias universais. A cura energética completa tem de ser associada com a resolução de traumas emocionais.

Emoções e pensamentos existem como energia “física” que todos somos capazes de vermso quando estamos em alinhamento com nós mesmos.

Se nossas emoções são densas e pesadas, fazem-nos sentirmos literalmente “baixos” e “para baixo”.

Para nos concentrarmos inteiramente no núcleo de uma emoção, geralmente começamos em uma camada superior de um sentimento mais amplo.

Um exemplo disso pode ser semelhante a:

Estou me sentindo assustado ..

  • porque me sinto sozinho
  • porque empurro as pessoas para longe
  • porque não quero me sentir traído
  • porque já fui traído por meus parceiros
  • porque meus pais não me ensinaram o amar
  • porque eles não sabem como

Então, essa vibração se traduziu através da minha vida, agora estou assustado como um adulto em várias situações, aparentemente não relacionadas à minha infância. Tudo está conectado.

Quando você pode seguir o fio de uma emoção de volta à sua centelha original, é onde existe uma verdadeira limpeza da aura.

O primeiro passo para libertar-se de uma armadilha emocional, é reconhecer a existência da mesma. Este processo de apontar todos os elementos de conexão em sua vida que te levaram para onde você está agora, pode levar anos, dependendo de quão aberto e pronto para experimentar você estiver.

Ele também pode levar apenas alguns momentos rápidos, se seu sistema de processamento for rápido. Quanto mais regularmente você fizer isso, mais transparente e honesto consigo mesmo você se torna.

Você se torna um mestre de conhecer a si mesmo e saber quando está falando de um espaço de medo ou raiva e aprende os passos necessários para sair dessa mentalidade. Tudo que você precisa fazer é tomar tempo para ouvir a si mesmo.

 

___

Traduzido pela equipe de O Segredo

Fonte: Spirit Science





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.